Itaú Blog

#ÉFalso | CEO do Itaú recebe salário e benefícios por função no Conselho de Desenvolvimento Econômico Social Sustentável (CDESS)

Banco esclarece que a participação no conselho é uma prestação de serviço não remunerada

Foto do Autor

Itaú

• 2 minutos de leitura

Em janeiro de 2024, circulou em aplicativos de mensagens suposta informação de que todos os 243 membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico Social Sustentável (CDESS), do Governo Federal, incluindo o CEO do Itaú Unibanco, Milton Maluhy Filho, que exerce a função de conselheiro, recebem salário, entre outros benefícios pela participação.

A informação não procede, uma vez que no próprio decreto de criação do conselho fica clara que a participação é uma “prestação de serviço público relevante, não remunerada”. Inclusive, a própria página oficial do governo já desmentiu a suposta notícia: É falso que conselheiros do CDESS recebem salário para exercer suas funções. Portanto, #ÉFalso.
Mensagem falsa que circula em redes sociais