Itaú Blog

Empreendedorismo feminino no universo digital: Como foi o Digi.Girls Day

Foto do Autor

Itaú Empresas

• 9 minutos de leitura

O Itaú Mulher Empreendedora teve o prazer de, pela primeira vez, patrocinar um evento de empreendedorismo feminino desenvolvido por uma participante do programa IME.

A Lua Delpi, idealizadora da plataforma Digi.Girls participou de um evento do Itaú Mulher Empreendedora em 2018 e se apaixonou. Quatro anos depois, ela trilhou um caminho fantástico, desenvolveu uma plataforma de capacitação virtual para mulheres empreendedoras e lançou seu primeiro evento presencial e é claro que a gente não podia ficar de fora: fomos patrocinadoras da primeira edição física do Digi.Girls Day!

Foram cerca de 300 mulheres em um espaço belíssimo, bem arborizado e cheio de ativações! Com food trucks de lanches, frutas, comida vegana, leitura de tarot e até flash tatoo, o dia contou com muita interação, troca e principalmente networking.

Foram sete painéis focados em oferecer conteúdos práticos e aplicáveis para negócios digitais, assim como reflexões acerca das dificuldades do empreender como mulher no Brasil. Lua abriu o dia com uma palestra aspiracional e motivacional, contando sua jornada até aqui. Em seguida, ouvimos Roberta Santos, especialista em Copywriting, em uma demonstração ao vivo sobre como o escrever estratégico é mais técnico do que criativo. De acordo com Roberta, “A gente escreve para pensar. A escrita para venda precisa ser empática e simples. Não precisa ser artístico ou criativo para escrever bem. O conhecimento também pode ser técnico”.

Após essa aula, assistimos um painel com 6 ilustres convidadas: Amanda Graciano, Isabela Gaidys, Isadora Duarte, Lela Brandão e Luana Surita. Cada uma delas compartilhou insights sobre as principais mídias sociais do momento: Instagram, Tiktok, Lindekin, Youtube e Pinterest. Compartilharam algumas de suas estratégias, assim como também foram provocativas para incentivar as participantes a aplicarem as reflexões em suas estratégias digitais – ou até mesmo, começarem a ser estratégicas. O principal insight que fica deste painel foi: como você se conecta com o aspecto emocional de seu produto? Qual a história dele? E afinal, como a história dele se conecta com a história do seu cliente?

Depois de almoçarmos, voltamos para uma reflexão com o Painel de Astrid Lacerda, patrocinado pelo Itaú Mulher Empreendedora. Astrid abordou a temática da gestão financeira a partir de seu aspecto emocional, convidando as empreendedoras a refletirem sobre a relação das mulheres com seu dinheiro. De acordo com Astrid: “falar sobre dinheiro não te torna menos mulher”. Aqui no Itaú Mulher Empreendedora, acompanhamos as principais dores do empreendedorismo feminino, e a dor recorrente das entrevistadas é justamente o distanciamento do universo financeiro doméstico e a consequente dificuldade em gerir as finanças do próprio negócio sem o apoio do marido, irmão ou pai. Astrid relembrou que a mulher brasileira só adquiriu o direito de CPF há cerca de 60 anos, estando antes disso, todas as mulheres atreladas ao CPF do marido e ressaltou: “sem CPF não se abre CNPJ, não se empreende, não se tem renda.” E finalizou com a importância em darmos valor ao gasto pelo autocuidado. A relação dinheiro e culpa inibe a gestão do gasto pessoal da empreendedora, por mais que ele já aconteça, então ela convida a todas: “reconheça o que e o quanto você gasta. Ter desejo é natural, você é um indivíduo. É preciso ser intencional com seu gasto, sem culpa de gastar consigo mesma”.

O dia seguiu com uma dinâmica entre as participantes, com a proposta de gerar conteúdo para suas marcas. Também tivemos o prazer de ouvir as painelistas Katherine Scaliaris da Start by WGSN: "Da tendência à venda” e a Hana Khalil: "Medo, Coragem e Ascensão: O que eu aprendi pra conquistar meu espaço em um sistema patriarcal que odeia mulheres", além de mais um painel da Lua Delpi: O Passo a passo para você criar uma marca apaixonante e viver do que ama fazer”. Infelizmente precisei ir embora um pouco antes e não poderei contar como foi, mas pelo que acompanhei online, o ritmo e energia do evento continuaram positivos até o final.

Gostaria de parabenizar novamente Lua Delpi pelo evento, é um prazer gigante o Itaú Mulher Empreendedora poder apoiar mulheres que cresceram conosco.

Deixo aqui o @ de todas as painelistas que mencionei.

Até a próxima! – Camila Pepe, time do Itaú Mulher Empreendedora

Lua Delpi e Digi.Girls: @digi.girls

Roberta Santos: @robertasvl

Amanda Graciano: @gracianoamanda

Isabela Gaidys: @isagaidys

Isadora Duarte: @whoisadora

Lela Brandão: @lela.brandao

Luana Surita: @luanasurita

Astrid Lacerda: @astridlacerda

Katherine Scaliaris: @katescaliaris

Hana Khalil: @khalilhana