Linhas de crédito para PMEs: entendendo suas melhores opções

Descubra as melhores linhas de crédito para PMEs, aprenda a escolher a ideal para suas necessidades e veja como utilizar efetivamente esses recursos para impulsionar seu negócio.

Foto do Autor

Itaú Empresas

• 3min minutos de leitura

crédito para PMEs

Se você está à frente de uma empresa, sabe a importância que o capital de giro tem para sua operação. Ter os recursos para pagar as contas principais - ou seja, aquelas que não podem ser postergadas - é um ingrediente fundamental para que o negócio consiga se manter, para que se obtenha retorno sobre os investimentos e, consequentemente, para garantir uma margem de lucro.

Mas, com os desafios do mercado, nem sempre é possível manter um fluxo de caixa saudável. Uma prova disso é que mais da metade (53%) das pequenas e médias empresas recorreu a alguma forma de crédito nos últimos dois anos, de acordo com uma pesquisa realizada pela Serasa Experian em janeiro.

No que uma coisa está ligada à outra? O estudo explica: de acordo com o Serasa, entre os principais motivos que levam as PMEs a utilizarem uma opção de crédito está, justamente, a busca por ampliação de seu capital de giro, seguido por equilibrar o fluxo de caixa.

Como então utilizar da melhor forma o crédito como seu aliado na gestão financeira? Neste artigo, você saberá mais sobre as linhas de crédito disponíveis para pequenas e médias empresas, como escolher as que melhor se encaixam em suas necessidades e de que forma fazer uso desse recurso para dar um fôlego a mais ao seu negócio.

Contexto atual do mercado de crédito para PMEs

O estudo do Serasa Experian revelou também alguns insights interessantes sobre o cenário do acesso ao crédito por parte das 522 PMEs entrevistadas. Um deles é que os empréstimos bancários e a antecipação de recebíveis de cartão de crédito foram as modalidades mais utilizadas, escolhidas por 24% e 23% dos empreendimentos, respectivamente. Entre os motivos, está justamente o fato de estas linhas de crédito serem reconhecidas por sua capacidade de prover o fluxo de caixa necessário para operações contínuas e investimentos estratégicos.

A pesquisa também apontou uma demanda crescente pela adoção de soluções financeiras que se adaptem às necessidades dinâmicas das empresas. A flexibilidade em termos de montantes, prazos de pagamento e condições de financiamento foram reconhecidas como elementos essenciais que o segmento de PMEs busca no serviço oferecido pelas instituições financeiras, de modo a facilitar o acesso ao crédito e permitir uma gestão mais eficiente do capital.

Por outro lado, a publicação apontou que ainda há dificuldade para obtenção do crédito. Apesar de o uso desse tipo de solução estar cada vez mais acessível e de 89% das PMEs acreditarem que teriam suas solicitações de crédito aprovadas em alguma modalidade caso necessitasse, 47% dos empreendimentos entrevistados não contrataram produtos de crédito nos últimos dois anos - muitos deles, por esbarrar em obstáculos como altas taxas de juros e exigências rigorosas de garantias.

Como melhorar suas chances de aprovação de crédito

Apesar de quase metade dos pequenos e médios negócios não estarem acessando esse tipo de solução, há meios de tornar uma empresa mais preparada para ter um pedido de crédito aprovado.

Caso entenda que uma linha de crédito se encaixaria no seu plano de negócios, a primeira coisa a se fazer para aumentar suas chances de aprovação e para potencialmente acessar taxas mais favoráveis é entender os critérios utilizados pelas instituições financeiras, que geralmente incluem análise do histórico financeiro, do fluxo de caixa e das garantias oferecidas.

Algumas estratégias eficazes são: ter um plano de negócios bem fundamentado e que reflita uma estratégia financeira sólida, manter sua documentação financeira organizada e atualizada e utillizar seu de bom relacionamento com instituições financeiras a seu favor na negociação de taxas e condições de crédito.

Como utilizar recursos de linhas de crédito na minha empresa?

A linha de crédito ideal pode oferecer flexibilidade e te apoiar em momentos chave. Mas é importante entender como e quando utilizá-las. Aqui estão algumas situações e ações práticas onde o crédito pode ser especialmente útil:


  • Expansão dos negócios:uma linha de crédito pode fornecer o capital necessário para você expandir sua operação, seja abrindo uma nova filial, aumentando a linha de produtos e serviços ou entrando em novos mercados.

  • Investimento em equipamentos:é possível, com esses recursos, adquirir novos equipamentos pode aumentar a capacidade de produção de sua empresa mantendo o caixa livre para outras despesas correntes.

  • Estoque:empresas que dependem de estoques grandes, como varejistas ou empresas sazonais, podem acessar linhas de crédito para comprar em grande quantidade e conseguir, assim, custos unitários mais baixos ou uma melhor preparação para picos de demanda.

  • Gerenciamento de fluxo de caixa:o crédito pode amenizar imprevistos que afetam o fluxo de caixa, como atrasos nos pagamentos de clientes ou despesas não planejadas

  • Investimento em marketing:se a sua estratégia é investir na divulgação do seu negócio, o crédito pode ser útil para financiar campanhas de marketing com objetivos definidos.

  • Refinanciamento de dívidas:consolidar dívidas existentes em uma linha de crédito com menor taxa de juros pode reduzir seus pagamentos mensais e melhorar a saúde financeira da sua empresa.

  • Preparação para emergências:ter acesso a crédito é importante também para manter a empresa sadia diante de situações inesperadas que afetam o caixa e em momentos de crise.


Dicas para uma gestão de crédito eficiente

Como vimos, uma gestão financeira é parte fundamental de todo processo de acesso ao crédito: afinal, somente com suas finanças organizadas é possível entender a necessidade de contratar uma linha, definir qual seria a mais indicada para sua empresa e, após a aquisição, saber como utilizar os recursos de forma mais sustentável.

Veja algumas dicas para uma gestão de crédito eficaz:

  • Planejamento do uso do crédito: antes de contratar a linha de crédito, planeje como os fundos serão utilizados e garanta que eles contribuam para objetivos empresariais específicos.

  • Monitoramento do fluxo de caixa: sistemas automatizados como o Conexão Itaú podem ser muito úteis para a gestão financeira - e isso impactará diretamente no bom uso do crédito obtido. Com um monitoramento eficiente, você tem meios de prever as necessidades de caixa e saiber a hora certa de contratar uma linha de crédito.

  • Escolha a linha de crédito mais apropriada à sua necessidade: cada momento financeiro pode pedir uma modalidade mais adequada, por isso é importante ter o controle dos seus recursos atuais, objetivos e potencial de pagamento.

  • Gestão de riscos: estabeleça um sistema de monitoramento de riscos para identificar e mitigar potenciais problemas financeiros antes que eles se tornem sérios - fazendo, assim, uso do crédito em um período ideal.

Modalidades de crédito disponíveis no Itaú Empresas

Agora que você sabe mais sobre como as linhas de crédito funcionam e como utilizá-las da melhor forma, conheça as opções disponíveis para correntistas Itaú Empresas. Há sempre uma solução adequada à sua necessidade.

  • Capital de giro:
    Recursos financeiros para cobrir operações diárias, oferecendo flexibilidade de pagamento conforme a necessidade do negócio.

  • Limite da Conta:
    O antigo Cheque Especial foi reformulado para ficar ainda mais acessível, oferecendo até 5 dias sem juros. Uma solução ideal para necessidades urgentes de curto prazo.

  • Desconto de recebíveis:
    Traz a possibilidade de sua empresa receber imediatamente o valor que receberia somente no vencimento das suas duplicatas ou boletos, ajudando, assim, a manter o fluxo de caixa equilibrado.

  • Pronampe:
    Voltado especificamente para micro e pequenas empresas, o programa do Governo Federal oferece condições vantajosas para apoiar o desenvolvimento e fortalecimento dos negócios.

  • Conta Garantida:
    Facilita seu controle financeiro ao disponibilizar crédito em uma conta apartada, que serve como uma segurança. As taxas de juros e os encargos só são cobrados sobre o crédito que for utilizado, de forma proporcional aos dias de uso.

  • Adiantamento à Depositante (AD):
    Oferece um crédito emergencial para cobrir despesas urgentes, após rápida análise pelo banco. É especialmente útil, por exemplo, caso você precise efetuar uma transação e não tenha saldo em conta ou já tenha utilizado todo seu limite de cheque especial.

  • Risco Sacado:
    Uma linha de crédito que possibilita aos seus fornecedores anteciparem os recebíveis com vencimentos futuros.

  • Sob Medida:
    Permite consolidar vários contratos de crédito em uma única data de vencimento, facilitando seu controle financeiro.

Além dessas, há mais soluções voltadas a facilitar a operação das lideranças de pequenos e médios empreendimentos. Quer saber qual é a ideal para você? Conheça todo o ecossistema de créditos do Itaú Empresas.