Crescimento sustentável: o que é e como pode diferenciar sua empresa da concorrência

Foto do Autor

Itaú Empresas

• 10 minutos de leitura

Mais do que a lucratividade, é importante se preocupar com a sustentabilidade do seu negócio. Além de construir uma boa base de clientes, cultivar bons relacionamentos e alcançar suas metas de rentabilidade, também é indispensável pensar em como esses patamares serão mantidos a longo prazo. É o crescimento sustentável que vai garantir o futuro do seu negócio.


A ideia de sustentabilidade pode ser um pouco confusa à primeira vista. Quando falamos nela, a primeira coisa que vem à mente é a sustentabilidade ambiental, a capacidade de um negócio de não causar danos irreversíveis à natureza. Mas ela também envolve uma sustentabilidade econômica, com a manutenção da renda a longo prazo, e social, permitindo que a comunidade ao redor também se fortaleça.


Em outras palavras, se o crescimento de um negócio não é sustentável, todo o lucro presente coloca em risco os lucros futuros.


A boa notícia é que há muitas coisas que você pode fazer para promover um crescimento sustentável. Isso pode até se tornar um diferencial competitivo. Quer saber mais? Acompanhe o texto e entenda como aplicar essa ideia!

Tenha responsabilidade social

A definição mais simples de responsabilidade social é “o cumprimento dos seus deveres em relação à sociedade”. No caso dos empreendimentos, significa agir de forma que traga valor para a população, incluindo seus clientes, seus colaboradores e a comunidade ao seu redor. É um termo bem abrangente e que envolve várias práticas diferentes, por isso pode ser difícil de implementar. Em resumo, conduza seus negócios de modo a trazer algum benefício para a sociedade na mesma medida em que se beneficia dela.

Garanta a saúde financeira do seu negócio

Obter ao menos algum lucro regularmente é fundamental para a empresa se manter aberta, certo? Você tem que vender o seu produto ou serviço e ganhar dinheiro se quiser ter um negócio sustentável. Ou seja, para ter sustentabilidade econômica, é importante primeiro investir na saúde financeira da empresa.


Claro, isso não significa que sustentabilidade ambiental e social devem ficar de lado. Lembre-se: as três são necessárias. Se não é possível manter as portas abertas sem causar danos ao meio-ambiente ou à população ao redor, então é hora de repensar os processos.


Comece com o básico, fazendo o controle de recursos e garantindo que seus gastos não excedam seus ganhos. Depois disso, concentre-se em estabilizar o orçamento e, depois, em investir no crescimento do negócio.


Vale a indicação: Já pensou em ter uma conta empresarial completa e com diversas soluções para ajudar na gestão da sua empresa? Confira os benefícios daconta PJdo Itaú Empresas.

Otimize os processos e reduza desperdícios

O desperdício de recursos e de tempo é o maior inimigo do crescimento sustentável. Gastar mais materiais do que o necessário leva ao acúmulo de lixo, o que prejudica o meio ambiente. E, se os seus processos são ineficientes, você terá que gastar mais tempo e dinheiro para alcançar o mesmo resultado. Antes de ter muitas ideias, uma boa alternativa é fazer a limpa em todos os seus processos de trabalho. Elimine tarefas desnecessárias, corte ao máximo o gasto de material, mas sempre sem comprometer a qualidade do seu trabalho. Essas pequenas otimizações do dia a dia fazem uma grande diferença em longo prazo.

Tenha flexibilidade para lidar com novas demandas

Uma das partes mais importantes do crescimento de uma empresa é aprender a ser adaptar. O mercado muda, novos públicos vêm com novas demandas, as leis ambientais e sociais são atualizadas, e por aí vai. Para continuar seguindo em frente, é importante não se prender ao mesmo jeito de fazer as coisas.


Ter uma base sólida para construir seus negócios é importante, sim, mas também é necessário ser um pouco flexível. Um bom ponto de partida é criar alguns planos de contingência e separar recursos de emergência.


Além disso, busque se informar com outros empreendedores sobre estratégias que já deram certo. Assim, você pode responder rapidamente caso alguma dessas mudanças ocorra e você tenha que correr para acompanhar tudo.

Capacite sua equipe

Digamos que sua metodologia esteja em ordem e seu plano de negócios tenha sustentabilidade ambiental, social e econômica. Mesmo assim, o que vai fazer a diferença é a forma como você e a sua equipe atuam no dia a dia. Há uma distância enorme entre querer um crescimento sustentável e conseguir alcançá-lo na prática.


A solução aqui é simples: treine a sua equipe para fazer todo o planejamento valer. Ensine todos a seguirem os métodos, minimizar desperdícios e promoverem a sustentabilidade no dia a dia. Seja dentro ou fora da empresa.


Um time melhor treinado cometerá menos erros, será mais produtivo e proporcionará mais rentabilidade para o negócio.

Mensure os resultados

Digamos que você já coloca em ação várias práticas para promover a sustentabilidade da sua empresa, tanto nas suas rotinas quanto em maior escala. A questão é: como saber se seus esforços estão gerando o resultado desejado? Para isso servem os indicadores de performance. Esses indicadores, também chamados de KPIs (Key Performance Indicators), são as métricas que melhor refletem os resultados que deseja alcançar. Depois de definir quais são os seus, você deve acompanhar suas mudanças ao longo do tempo. No geral, se os seus planos estiverem dando certo, o indicador escolhido vai refletir isso, seja aumentando ou diminuindo. Você também pode usar múltiplos indicadores para ter uma leitura mais completa de cada cenário ou até mudar seus KPIs, caso algum deles perca a relevância.

Conquiste a certificação ambiental

Os consumidores modernos são bem exigentes com relação aos produtos que adquirem, em especial no que diz respeito à sustentabilidade. Por isso, grande parte busca negócios que são ecologicamente corretos e apresentam um selo de certificação ambiental.


Esse selo é um documento que comprova que o negócio atende a padrões mais altos de preservação ambiental. Isso vai desde o uso de materiais reciclados na produção até práticas que diminuem os danos causados ao meio ambiente.


Ter um certificado ambiental é um atrativo para muitos consumidores — ou mesmo um critério mínimo para outros. Em todo caso, é algo que vai contribuir positivamente com a sustentabilidade da sua empresa.


Promover o crescimento sustentável da sua organização deve ser prioridade. Leve em conta o que é necessário para mantê-la aberta hoje e também como essas escolhas afetam a sua longevidade.


Vale a indicação: Você quer transações mais rápidas e uma bateria de longa duração? Confira como amaquininha de cartãodo Itaú pode ajudar o seu negócio!