Itaú Blog

O que é Open Finance: saiba o que muda para os negócios

Foto do Autor

Itaú Empresas

• 7 minutos de leitura

A tecnologia e a inovação são cada vez mais importantes para qualquer negócio, certo? E quando essa mudança acontece no mercado financeiro, isso pode ter um impacto positivo na jornada empreendedora. Com a centralização da gestão financeira do seu negócio, você tem mais tempo livre para cuidar de outras áreas relevantes para ter melhores resultados. Mas, afinal, o que é Open Finance?

Conversamos com Marcos Cavagnoli, diretor de Digital Cash Management e Open Finance do Itaú, para tirar suas dúvidas sobre o tema e entender como o Open Finance vai mudar o cenário dos serviços para empresas dos mais diferentes ramos. Confira!

O que é Open Banking ou Open Finance?

Antes de mais nada, é preciso entender o que é o Open Finance é uma evolução do conceito de Open Banking. O conceito se trata da padronização do sistema financeiro brasileiro, utilizando uma única camada de tecnologia para integrar todas as instituições e consumidores desse mercado em um só lugar. A partir da integração, todas as partes envolvidas, especialmente o consumidor final, ganham mais liberdade e autonomia.

Em resumo, permite compartilhar o seu histórico de relacionamento entre instituições participantes do Open Finance. Isso tudo sendo feito mediante a sua autorização, que chamamos de consentimento, ou seja, você escolhe quais dados, com quem e por quanto tempo quer compartilhar, podendo ser até 12 meses, sempre com a sua participação e autorização.

Mas, na prática, o que é Open Finance?

O Open Finance é um sistema compartilhado e padronizado de informações financeiras, autorizado pelo Banco Central, que ajuda o cliente a levar seus dados de uma instituição a outra, tudo sem a necessidade de fazer novos cadastros. Para ajudar você a entender um pouco mais sobre esse conceito inovador, convidamos Marcos Cavagnoli para explicar os seus principais benefícios e funcionamento.

"As instituições financeiras precisam conhecer o cliente o máximo possível para ofertar o produto de crédito adequado para as necessidades do cliente. Com o compartilhamento de dados entre as instituições, mesmo um banco com o qual o cliente acabou de abrir a conta já terá uma visão completa do histórico da vida financeira dele. Isso agiliza muito o processo de análise de crédito para os empreendedores".

Ainda é um conceito em implementação do mercado financeiro brasileiro, mas a tendência é que ele evolua cada vez mais rapidamente, criando oportunidades e opções para instituições financeiras, consumidores e empresas de outros segmentos.

"A existência de um ecossistema de inovação, formado por startups, fundos de venture capital e grandes empresas de tecnologia favorece o desenvolvimento e a evolução do sistema. Como a regulamentação brasileira é bastante abrangente, indo além de serviços financeiros básicos, incluindo seguros, investimentos, câmbio e previdência privada, por exemplo, podemos aguardar novidades relevantes nos próximos meses e anos".

Quais são os principais benefícios do Open Finance no seu negócio?

Agora, quais são os ganhos para o seu negócio com a implementação do Open Finance? A seguir, separamos informações importantes para você entender bem como o Open Finance pode trazer melhorias no dia a dia do seu negócio.

Melhor gestão financeira

Para Marcos, o primeiro ganho para o pequeno empreendedor está na gestão financeira do seu negócio.

"O Open Finance vai contribuir para a melhor gestão de fluxo de caixa e de recebíveis, com a agregação de dados financeiros dos diversos bancos com os quais a empresa tem relacionamento. Além disso, as instituições financeiras poderão oferecer produtos contextualizados para o momento do cliente, com valores e prazos adequados de crédito ou investimentos".

Mais tempo para atividades estratégicas

Outro ganho importante para o seu negócio com a implementação do Open Finance é reunir todas as informações em um só canal. A partir da centralização da gestão financeira do seu negócio, é possível ter mais tempo para que você lidere outras atividades da sua empresa e alcance todas as suas metas e objetivos.

Menor burocracia

O novo sistema entrega processos mais rápidos e integrados, facilitando serviços como abertura de conta ou contratação de um serviço específico, já que os dados já foram preenchidos em outras instituições.

"Conhecendo melhor os clientes, as instituições podem oferecer processos mais rápidos, integrados e com soluções mais customizadas. É a possibilidade de ir além dos tradicionais serviços financeiros e buscar parcerias até mesmo fora do escopo bancário", garante Marcos.

Como conseguir crédito de forma mais ágil com o Finance?

Outro ponto positivo com a implementação do Open Finance é a possibilidade de obtenção de crédito de forma mais ágil. Para Marcos, esse é um dos pontos de maior destaque e que podem facilitar a rotina de empreendedores por todo o Brasil.

"As instituições financeiras precisam conhecer o cliente o máximo possível para oferecer o produto de crédito adequado para as necessidades do cliente. Com o compartilhamento de dados entre as instituições, mesmo um banco com o qual o cliente acabou de abrir a conta já terá uma visão completa do histórico da vida financeira dele. Isso agiliza muito o processo de análise de crédito para os empreendedores".

O poder de decisão do empreendedor também vai aumentar, principalmente a partir de março de 2022, quando uma nova fase do processo de regulamentação entrará em vigor e o processo de escolha de crédito vai se tornar mais rápido e transparente.

"Em 2022, uma nova etapa entra em vigor: o correspondente bancário digital, que enviará em seu nome propostas a todas as instituições com as quais você consentiu, via API, de maneira padronizada e tornando o processo mais seguro, simples e rápido para o usuário. Esse processo possibilitará a criação de “marketplaces” (espaços digitais de vendas) de crédito, comparando de forma digital as ofertas dos diferentes bancos", afirma Marcos.

Como seria um bom exemplo de aplicação do Open Finance?

Agora que você já sabe o que é Open Finance e como ele pode beneficiar o seu negócio, o que acha de conferir uma possível aplicação do conceito na sua empresa? A dica vem do Marcos, que reforça um exemplo do que o Itaú já está oferecendo aos seus clientes:

"Estamos fazendo isso com o Itaú Meu Negócio - Gestão, que em parceria com a Omie, tem como objetivo apoiar os clientes a partir da oferta de uma ferramenta que vai auxiliar e simplificar a gestão do negócio, permitindo que os empresários tenham mais tempo livre para investir no crescimento contínuo e sustentável dessas empresas".

O Open Finance não vai mudar a realidade apenas do mercado financeiro, mas também de empresas de outros segmentos. Empreendedores vão poder criar diferenciais competitivos com mais facilidade, enquanto os consumidores finais ganham com produtos personalizados e completos para as suas dores.

Quer saber mais sobre como o Open Finance pode ser útil para o seu negócio? Então, entre em contato conosco para tirar todas as suas dúvidas sobre o tema!