Itaú Blog

Oportunidade inesperada pra sua empresa: o que fazer se não há dinheiro em caixa?

Descubra as melhores práticas de planejamento financeiro e entenda como as opções inteligentes de crédito podem impulsionar o crescimento do seu negócio

Foto do Autor

Itaú Empresas

• 5 min minutos de leitura

À medida em que 2024 se aproxima, lideranças começam a traçar seus planos de negócio para o próximo ciclo - e parte importante desse planejamento tem a ver com o gerenciamento dos recursos da empresa. Neste sentido, compreender as várias ferramentas e abordagens de gestão financeira disponíveis pode ser decisivo para a definição de objetivos claros e a implementação de estratégias eficazes, principalmente quando se trata de administrar créditos e aproveitar oportunidades de negócios. 

O que não pode faltar no planejamento financeiro para 2024?

Iniciar o ano com um planejamento financeiro sólido é uma estratégia inteligente para qualquer empresa. Isso envolve entender suas finanças atuais, mas também prever necessidades futuras e oportunidades. Um bom planejamento pode incluir a definição de metas de curto e longo prazo, a revisão de orçamentos e a preparação para eventualidades.

• Estratégia para gestão de dívidas e créditos: ela envolve um equilíbrio cuidadoso entre aproveitar oportunidades de crédito disponíveis e manter as dívidas em um nível gerenciável. Desta forma, o ideal é avaliar todas as dívidas atuais da empresa, analisar os termos de cada uma, incluindo taxas de juros e cronogramas de pagamento, e considerar como eles se encaixam no quadro financeiro geral do negócio. Por outro lado, avalie a estrutura atual de crédito da empresa e determine se ela atende às suas necessidades. Isso pode incluir revisar limites de crédito existentes e explorar novas opções que possam oferecer termos mais favoráveis ou maior flexibilidade. O objetivo é garantir que a empresa tenha acesso a recursos financeiros quando necessário, mas sem comprometer sua saúde financeira a longo prazo.

• Plano de investimento e crescimento: investir no crescimento da empresa deve ser uma decisão alinhada com o planejamento financeiro geral e os objetivos de longo prazo do negócio. Investimentos bem planejados podem ajudar sua empresa a alcançar sucesso, mas esta é uma decisão estratégica que deve ser tomada apenas se for viável e benéfica para o negócio. Aqui, as linhas de crédito também podem facilitar seu plano de investimento, permitindo a antecipação de compras ou aproveitamento de oportunidades de negócio. Ter a possibilidade de agir rapidamente é um diferencial competitivo importante, especialmente em mercados que mudam rapidamente.

• Previsão de orçamento e fluxo de caixa: utilize projeções realistas baseadas no histórico financeiro da empresa e nas tendências de mercado atuais. Para o fluxo de caixa, é importante prever tanto as entradas quanto as saídas de recursos ao longo do ano. Para isso, análise padrões de pagamento de clientes, ciclos de faturamento e prazos de pagamento de fornecedores. Além disso, veremos a seguir como considerar soluções como limites de crédito pode ser uma estratégia inteligente para cobrir lacunas temporárias ou para aproveitar oportunidades de negócio que exigem uma resposta rápida.

• Definição de metas financeiras: estabeleça metas claras para 2024. Elas devem ser realistas, mensuráveis e baseadas em uma análise cuidadosa da situação financeira atual da empresa, assim como das projeções para o futuro. Elas podem variar desde aumentar a receita em uma porcentagem específica, reduzir certos custos, até alcançar um novo mercado ou segmento de clientes. Estabeleça prazos claros e defina indicadores-chave de desempenho (KPIs) para monitorar o progresso e ajustar as estratégias conforme necessário. Metas financeiras bem definidas e baseadas em dados concretos ajudam a manter o foco e direcionar esforços para resultados tangíveis.

Vale a indicação: Já pensou em ter uma conta empresarial completa e com diversas soluções para ajudar na gestão da sua empresa? Confira os benefícios da conta PJ do Itaú Empresas.

Veja 5 elementos essenciais para seu planejamento financeiro de 2024:

• Avaliação do ano anterior: revise seu desempenho financeiro em 2023, analisando os lucros, despesas, e identificando as estratégias que funcionaram este ano e as que precisam ser ajustadas para o próximo.

Utilizando o crédito de forma estratégica

O crédito pode ser uma ferramenta valiosa para capitalizar oportunidades de mercado variadas e cobrir lacunas no orçamento da sua empresa e, por isso, é importante considerá-lo como um aliado no seu planejamento para 2024.

Isso porque as soluções de crédito evoluíram e hoje o empreendedor ou a empreendedora pode contar com o auxílio mais adaptável ao seu negócio e a sua necessidade. Dependendo do cenário e das tarifas aplicadas, o serviço pode ser utilizado estrategicamente como um "limite de conveniência" para que se possa contar com recursos mesmo quando o caixa está em baixa - e não apenas nos momentos de emergência.

Isso porque ter acesso a recursos financeiros no momento certo pode ser extremamente útil. Seja para cobrir despesas inesperadas ou para antecipar uma compra, ter uma opção de crédito acessível pode fazer toda a diferença. Vamos entender a diferença entre crédito parcelado e crédito rotativo, e como cada um pode ser utilizado de maneira estratégica para beneficiar sua empresa. 

Vale a indicação: Buscando por empréstimo empresarial para sua empresa? O Itaú Empresas possui diversas soluções e linhas de crédito para o seu negócio evoluir.

Conhecendo as opções: crédito parcelado vs. crédito rotativo

Para usar de forma inteligente o crédito em benefício da sua empresa, é importante conhecer as diferentes opções disponíveis e entender como cada uma pode atender às necessidades do seu negócio. Isso inclui analisar os prazos, taxas de juros e condições de pagamento para cada tipo de crédito.

Crédito parcelado:

O crédito parcelado é caracterizado por empréstimos ou financiamentos que são pagos em parcelas fixas durante um período pré-definido. Geralmente, esses tipos de crédito têm um objetivo específico, como a aquisição de equipamentos, reforma de instalações ou outros investimentos a longo prazo. Eles são planejados, têm prazos de pagamento mais longos e taxas de juros que geralmente são fixas, o que permite uma previsibilidade no planejamento financeiro.

Crédito rotativo:

Já o crédito rotativo oferece maior flexibilidade. É uma linha de crédito que a empresa pode usar quando necessário, até um limite pré-estabelecido. Este tipo de crédito é ideal para necessidades de curto prazo, como cobrir lacunas no fluxo de caixa, financiar um pedido de fornecedor inesperado ou aproveitar uma oportunidade de negócio urgente. Os juros no crédito rotativo são calculados com base no valor utilizado e no tempo que esse valor fica em aberto, oferecendo flexibilidade, mas exigindo uma gestão cuidadosa para evitar custos elevados.

Integrando o crédito ao planejamento de fluxo de caixa

Incluir o crédito no planejamento do fluxo de caixa ajuda a garantir que seu uso esteja alinhado com as metas financeiras gerais da empresa e contribua para a sua estabilidade financeira a longo prazo. Isso significa que o crédito não deve ser visto apenas como uma ferramenta para lidar com emergências, mas também como um recurso estratégico para investimentos e aproveitamento de oportunidades. Avalie como o crédito pode ser utilizado para alcançar objetivos específicos, como expansão, compra de estoque ou capitalização em oportunidades de mercado e faça uma gestão cuidadosa, monitorando seu uso para se assegurar de que ele seja usado de forma eficiente. O planejamento do fluxo de caixa deve ser um processo contínuo, com revisões regulares para ajustar as estratégias de acordo com as mudanças nas condições de negócios e no mercado.

Alternativa possível: solução Limite da Conta

Agora que você sabe como utilizar o crédito de forma estratégica, o Itaú Empresas dispõe de uma solução que está de cara nova chamada Limite da Conta, que pode ser uma verdadeira aliada para aproveitar oportunidades de negócio da sua empresa.

Trata-se do antigo "Cheque Especial", que evoluiu para atender ainda melhor as necessidades de quem é dono ou dona de um negócio. Com o Limite da Conta, sua empresa ganha não apenas uma experiência simples e transparente, mas também conta com 5 dias sem juros para usar o crédito como desejar.

Basicamente, é um limite de conveniência que está disponível para facilitar o dia a dia das empresas e ajudar a equilibrar o fluxo de caixa.

A administração do seu limite também ficou mais fácil, graças às experiências de habilitação e gestão modernizadas, além de um simulador de uso que te oferece mais autonomia para controlar o uso do limite.

Conheça esta novidade e conte com ela para entrar no próximo ano com confiança, aproveitando oportunidades e gerenciando desafios financeiros com mais eficácia. E para te dar ainda mais segurança e conhecimento, criamos uma minissérie que explica e resolve todas as dúvidas referente ao melhor uso e aproveitamento dessa solução. Te convidamos a conferir o primeiro episódio da minissérie do Novo Limite da Conta: