Planejamento estratégico Digital: Passo a passo para estruturação

Foto do Autor

Itaú Empresas

• 7 minutos de leitura

Mulher fazendo o seu planejamento estratégico digital em seu tablet

Nos últimos anos, cada vez mais negócios estão migrando para o ambiente virtual, e alguns já começam completamente imersos nele. Essa é uma tendência que acompanha as mudanças do público, pois com mais consumidores dando preferência às lojas online, também há mais oportunidades para fortalecer uma marca, seja com um e-commerce próprio, com anúncios ou por meio das redes sociais.


Porém, mesmo com os benefícios da digitalização na empresa, você só consegue aproveitar essas vantagens na prática com um bom planejamento estratégico. Atualmente, isso é muito mais uma necessidade do que um diferencial.


Nesse sentido, elaboramos este conteúdo para que você entenda melhor como elaborar o seu planejamento estratégico digital. Acompanhe!


Vale a indicação: Já pensou em ter uma conta empresarial completa e com diversas soluções para ajudar na gestão da sua empresa? Confira os benefícios daconta PJdo Itaú Empresas.

O que é um planejamento digital?

Assim como acontece com a elaboração do seu Business Plan — o seu plano de negócios — você também precisa de um bom planejamento para estabelecer a presença do seu negócio online. Nesse caso, ele diz respeito seu plano de ação para desenvolver a sua marca em espaços digitais, o que inclui as redes sociais, anúncios, criação de um site, e-commerce, etc.


Não necessariamente você vai aplicar todas as opções citadas. Cada empresa adota os canais que melhor atendem às suas necessidades e trazem maior vantagem competitiva. Porém, para saber quais opções escolher e como aplicá-las, é necessário montar um planejamento estratégico digital.

Quais as diferenças de um planejamento estratégico digital e de um planejamento "tradicional"?

Essencialmente, a diferença está nas ferramentas e na escala da estratégia.


No marketing tradicional, geralmente são usados anúncios físicos, um ponto de vendas, panfletos e propagandas na TV, rádio e jornais. E esses canais ainda têm valor se forem usados direito.


Já os meios de comunicação digitais têm alcance bem mais amplo, além de oferecerem muito mais informação sobre o seu público-alvo. Como resultado, os anúncios podem ser curados para chegarem até pessoas com maior potencial de se tornarem clientes.


Algo similar acontece nas mídias tradicionais. Uma emissora de TV ou um jornal impresso conhecem o perfil do seu público, afinal. Mas a eficiência desse filtro é bem maior nos canais online. Com maior acesso a dados, você pode elaborar estratégias mais efetivas e de menor custo.

Qual a importância de documentar esse planejamento?

Durante seu planejamento estratégico digital, também é uma boa ideia documentar todo o processo, seus objetivos e o progresso esperado. Em muitos casos, trata-se de um trabalho de longo prazo. A documentação ajuda a manter toda a equipe nos trilhos ao longo do caminho e poupa algumas explicações repetidas.


Também é importante documentar o progresso dentro desse plano. Assim, se algo ficou fora do esperado, você pode observar os dados e fazer os ajustes necessários. Ou até revisitar o plano inicial, recalculando a rota e modificando as etapas desde o início para encontrar um novo caminho.

Como montar um planejamento estratégico digital?

Se você quer ter sucesso em suas campanhas online, então precisa aprimorar também seu planejamento estratégico digital. Confira aqui alguns passos que você pode seguir.

Defina objetivos de curto e longo prazo

A primeira coisa que você deve fazer em qualquer planejamento é estabelecer as suas metas, tanto de curto quanto de longo prazo. Por mais simples que sejam, elas ajudam a orientar todos os outros estágios do planejamento.


Dentro da definição de metas, também há outras boas práticas que você deve seguir:


  • Elas devem ser específicas e mensuráveis;
  • Deve haver um prazo limite para alcançá-las;
  • Precisam estar dentro da capacidade da sua empresa.

As metas de longo prazo são as que orientam seu plano como um todo, enquanto as de curto prazo são os degraus que você segue até lá. Você pode ajustar os prazos a medida que seu plano se desenvolve na prática, mas tome cuidado para não adiar demais.


Vale a indicação: Precisando de capital de giro? Conheça uma das melhores linhas de crédito para empresas e fortaleça o seu negócio. Faça uma simulação doPronampeItaú.

Defina sua persona

A persona é uma ferramenta muito usada no planejamento de marketing. Essencialmente, ela é um personagem fictício que representa o tipo de cliente que você busca. Se você puxasse uma pessoa aleatória do seu público alvo, ela deveria ser igual ou bem próxima da sua persona.


A diferença entre essa ferramenta e o seu público-alvo é que a persona é específica. É alguém com um nome, uma identidade, preferências e problemas tangíveis. Imaginar um ser humano do outro lado de todo esse processo, buscando o seu produto, é bom para motivar a equipe e para esclarecer algumas questões ao longo do caminho.

Estabeleça os canais de comunicação

Com uma persona e alguns objetivos em mente, o próximo passo é saber quais canais você vai usar. E há uma grande quantidade de opções disponíveis online.


Dependendo de quais canais sua persona usa, você pode ter uma estratégia baseada em e-mail, uma ou mais redes sociais, um canal de comunicação próprio, etc. O público que usa o Twitter regularmente é diferente do que usa o Facebook ou o LinkedIn, por exemplo.


Você também pode estabelecer estratégias diferenciadas para cada canal, caso tenha mais de uma persona em vista. Mas o ideal é focar apenas nos canais mais importantes.

Cuide do relacionamento com os clientes

A primeira impressão é a mais importante. Mas, além disso, você também precisa manter um bom contato com seus clientes. Qualidade de atendimento e relacionamento é fundamental para promover a sua fidelização.


A forma como você conquista essa preferência pode variar. Você pode enviar conteúdos diretamente para cada lead por e-mail, informá-los sobre produções, criar postagens nas redes sociais que atraiam mais clientes, entre outras coisas. O importante é continuar entregando um bom serviço e garantindo que a sua marca estará bem viva na memória do público.

Monitore seus resultados

Depois de montar todo esse planejamento, você deve colocá-lo em prática e acompanhar o seu desenvolvimento. Se estiver tudo dando certo, os seus indicadores de performance vão mostrar isso. Caso contrário, é hora de adaptar seus planos e mudar um pouco sua estratégia.


Como vimos, a qualidade do seu planejamento estratégico digital vai determinar boa parte do seu crescimento enquanto empreendedor e o futuro do seu negócio online. Considerando o quanto esse espaço é importante, não há como deixar de investir nesse aspecto da sua empresa.