Itaú Blog

Relacionamento com investidores: conheça as melhores práticas

Foto do Autor

Itaú Empresas

• 9 minutos de leitura

Mulher apertando a mão de um homem e sorrindo

Para iniciar um negócio ou fazê-lo crescer, às vezes é necessário injetar mais capital nele primeiro. É nesse contexto que entram os investidores, empreendedores bem-sucedidos que buscam aplicar seus recursos em outros negócios e formar parcerias. À medida que seu negócio se desenvolve, é muito positivo você aprender a lidar com eles.

Manter um bom relacionamento com investidores pode ajudar muito no seu sucesso. Dessa forma, você poderá contar com seus recursos e com expertise por mais tempo. Em longo prazo, isso aumenta bastante o potencial de crescimento do seu negócio.

Quer saber mais? Continue a leitura e veja algumas boas práticas para manter um bom relacionamento com investidores!

Esclareça as responsabilidades de cada parte envolvida

Muitos investidores ficam quase completamente separados das empresas nas quais investem a maior parte do tempo. Também há aqueles que participam de forma ativa nas decisões de gestão, seja como membros plenos, seja como consultores. Em ambos os casos, é importante dividir essas responsabilidades e estabelecer os limites de autoridade de cada um.

Se um investidor deseja ter participação mais ativa na gestão do negócio, essa preferência pode ser estabelecida antes de qualquer transferência de valores. Isso ajuda a esclarecer expectativas sobre como será o relacionamento entre empreendedor e investidor.

Seja transparente

Quando um investidor escolhe um negócio para injetar seu capital, é porque confia no potencial do seu business plan, o plano de negócios.

Mesmo que sua participação direta no dia a dia da empresa seja bem limitada, ainda é importante que eles saibam como seu trabalho é conduzido e quais são os resultados obtidos no geral.

Sem esse tipo de informação, não há o mesmo nível de segurança com relação ao sucesso da sua empresa, o que pode torná-la menos interessante como um investimento.

Agir com transparência é fundamental para manter a confiança dos seus investidores, mesmo quando sua rentabilidade ficar abaixo do esperado.

Tenha processos bem estruturados

A maioria dos investidores busca negócios consistentes para investir, os quais têm boas chances de sucesso. E um dos fatores a serem analisados é a forma como os processos internos são estruturados.

Muitos procedimentos informais ou a falta de um fluxograma de trabalho tendem a afastar bons negociadores. Para evitar que isso afete seu relacionamento com os investidores, você precisa reservar o tempo necessário para organizar e estruturar todos os seus processos.

Monte um fluxograma de tarefas e documente essas ações. Uma boa forma de fazer isso é utilizar a tecnologia em seu favor.

Além de ajudar na prospecção e retenção de investidores, essa estruturação será positiva para o seu trabalho no dia a dia. Ela facilita o treinamento de novos colaboradores e proporciona mais oportunidades de otimização.

Mantenha contato

Um dos erros mais comuns no relacionamento com investidores é não manter contato ativo. Se você apenas envia relatórios trimestrais e nada mais, também será mais difícil estabelecer o nível de confiança necessário para retê-los quando precisar tomar decisões mais arriscadas.

Sem mencionar que, sem contato, também é mais custoso aproveitar o conhecimento deles para aprimorar o seu negócio.

Seja pela internet, pelo telefone ou por outro meio de contato de sua preferência, tente manter seus investidores atualizados em suas decisões empresariais.

Se quiser, também pode pedir a opinião deles antes de tomar algumas dessas decisões, especialmente quando o cenário for mais instável.

Organize eventos empresariais

Uma empresa em crescimento tem um número razoável de investidores. Então, isso é um bom momento para organizar eventos empresariais.

São momentos para reunir todos em um mesmo espaço e trocar ideias sobre o futuro da empresa e para fortalecer essas ligações.

Em geral, eventos empresariais são organizados com base em ocasiões especiais: o início de uma nova parceria de mercado, o aniversário da empresa, entre outros.

Dependendo do contexto, também é um momento para aproximar os investidores da sua equipe.

Faça uma boa gestão de riscos

Você é, ao menos, parcialmente responsável pelo dinheiro dos seus investidores. Sendo assim, tomar decisões empresariais que exponham seu negócio a maiores riscos também vai afetar seu relacionamento com eles.

Nessas horas, o trabalho de gestão de risco se torna ainda mais importante. Ele envolve analisar o mercado e o funcionamento interno da empresa, estabelecer seu potencial de ganhos e compará-lo com os riscos.

Além de ser uma boa prática, no geral, a gestão de riscos é uma forma de transmitir segurança aos investidores. Se necessário, você pode discutir os riscos de diferentes decisões empresariais antes de colocá-las em prática.

À medida que você adotar essas práticas, será mais fácil manter um bom relacionamento com investidores. Isso ajudará a atrair mais recursos para a sua empresa e a criar parcerias mais efetivas, tornando seu negócio ainda mais competitivo.

Quer aprender mais sobre como lidar com investidores para acelerar o crescimento do seu negócio? Então, cadastre-se em nossa área de membros! Lá, você encontra uma trilha completa sobre como fazer um bom networking, o que ajuda a encontrar e atrair investidores.