Itaú Blog

O que é voluntariado empresarial e como criar ações sociais junto a seu time

A prática está cada vez mais valorizada no mundo corporativo

Foto do Autor

Itaú Empresas

• 2min minutos de leitura

Você já ouviu falar em voluntariado empresarial? Esta prática, cada vez mais valorizada e disseminada no mundo corporativo, é o incentivo e apoio, por meio das empresas, a que pessoas da sua equipe dediquem parte do seu tempo para realizar atividades voluntárias em causas sociais. Com isso, as organizações contribuem de forma ativa para o desenvolvimento das comunidades, gerando um impacto positivo na sociedade. E o Dia Nacional do Voluntariado, comemorado no dia 28 de agosto, é uma ótima oportunidade para refletir sobre essa importante ação.

De acordo com a Pesquisa Voluntariado no Brasil 2021, realizada pelo Instituto Datafolha, esta prática tem crescido consideravelmente nos últimos anos. Em 2019, aproximadamente 13 milhões de brasileiros estavam engajados em atividades voluntárias, número que saltou para mais de 16 milhões em 2021. Desse total, 15% atuam em projetos de voluntariado organizados por empresas e dedicam, em média, 21 horas/mês. Esse dado mostra a relevância do setor corporativo na promoção de mudanças positivas em nossa sociedade.

E por que as organizações devem seguir atentas a esta tendência? O voluntariado empresarial desempenha um papel crucial na busca pelos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas) para se alinhar às metas da Agenda 2030. Ao contribuir para a erradicação da pobreza, fome zero, educação de qualidade, igualdade de gênero, entre outros objetivos, as empresas se tornam parceiras na construção de um mundo mais justo e sustentável. Além disso, há várias outras razões. Vamos a elas:

  • Benefícios para a comunidade: o voluntariado empresarial tem o poder de beneficiar comunidades de diferentes formas. Por meio de atividades como doação de alimentos, apoio a instituições educacionais e projetos de preservação ambiental, as organizações engajadas podem ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas, reduzir desigualdades sociais e estimular o desenvolvimento local.

  • Impacto na equipe: quando sua equipe participa de ações voluntárias, as pessoas se sentem valorizadas pela empresa e percebem que fazem parte de algo maior. Essa conexão emocional aumenta o engajamento, melhora o clima organizacional e fortalece os laços entre colegas de trabalho, tornando seu time mais motivado e satisfeito.

  • Benefícios para a imagem da empresa: o voluntariado empresarial é uma oportunidade para que a empresa demonstre seu comprometimento com causas sociais e ambientais. Ações concretas em prol do bem-estar da comunidade contribuem para a construção de uma imagem positiva e geram maior confiança por parte de consumidores e da sociedade em geral.

  • Retorno sobre o investimento: além dos benefícios intangíveis, o voluntariado empresarial pode trazer retornos mensuráveis para a empresa. O engajamento comunitário pode ampliar o alcance da marca, atrair novos clientes e talentos, além de contribuir para o fortalecimento da cultura organizacional.

E você deve estar se perguntando: como começar a apoiar e fomentar o voluntariado entre as pessoas da minha equipe? O primeiro passo para iniciar um programa de voluntariado empresarial requer planejamento e engajamento da alta liderança. Identificar as causas e projetos que a empresa irá apoiar, definir o formato das ações voluntárias, comunicar claramente os objetivos e incentivar a participação de colaboradores são etapas fundamentais para o sucesso do programa. Vamos a outras dicas:

  • Cultura de responsabilidade social: promover uma cultura organizacional que valorize a responsabilidade social é essencial. Isso pode ser feito por meio da criação de programas de voluntariado, da inclusão do tema em treinamentos e da divulgação das ações realizadas.

  • Parcerias com instituições: estabelecer parcerias com organizações sociais é uma maneira eficaz de viabilizar o voluntariado. As empresas podem se unir a entidades que já atuam em causas específicas e direcionar seus esforços para ações que estejam alinhadas com os valores da organização.

  • Flexibilidade de horários: proporcionar flexibilidade de horários para que colaboradores possam participar de atividades voluntárias é uma forma de incentivo. Permitir que as pessoas do seu time dediquem algumas horas por mês durante o expediente de trabalho demonstra o comprometimento da empresa com a causa.

  • Reconhecimento e incentivos: reconhecer e valorizar o trabalho voluntário realizado pelos colaboradores é importante para estimular a continuidade das ações. A empresa pode conceder benefícios, certificados ou até mesmo realizar eventos de reconhecimento para as pessoas voluntárias.

  • Divulgação e engajamento: comunicar e divulgar as ações de voluntariado promovidas pela empresa é fundamental para engajar mais pessoas. As redes sociais e os canais de comunicação interna são ótimas ferramentas para mostrar o impacto positivo das ações realizadas.

  • Identificação de causas alinhadas com a cultura da empresa: escolher causas sociais que estejam em sintonia com os valores e a missão da empresa aumenta a identificação dos colaboradores com as atividades e reforça o compromisso da organização com a sociedade.

Alguns desafios podem surgir ao implementar o voluntariado empresarial, como a baixa adesão inicial ou a dificuldade em medir o impacto das ações. Para superá-los, é importante investir em campanhas de conscientização e criar métricas para avaliar os resultados alcançados, proporcionando feedback, ou seja, um retorno transparente aos participantes.

Com a crescente preocupação das empresas e consumidores com questões sociais e ambientais, o voluntariado empresarial tende a se expandir. A integração com a tecnologia, a colaboração entre empresas em prol de grandes causas e a busca por soluções inovadoras são algumas das tendências que irão moldar seu futuro.

Podemos perceber, portanto, que o voluntariado empresarial é uma poderosa ferramenta para a construção de uma sociedade mais justa e sustentável. Ao adotar essa prática, as empresas podem fazer a diferença de forma significativa, ao mesmo tempo em que promovem valores essenciais para o desenvolvimento humano. Ações voluntárias não apenas beneficiam as comunidades atendidas, mas também têm um impacto positivo na motivação, satisfação e comprometimento dos colaboradores. O Dia Nacional do Voluntariado é uma oportunidade para reforçar a importância dessas iniciativas e encorajar mais empresas a abraçarem essa nobre causa.