Itaú Blog

O que é IaaS, o BaaS do Itaú BBA?

Serviço possibilita que empresas, financeiras ou não, criem seus próprios bancos digitais para escalar ou rentabilizar sua operação usando a robustez e expertise do Itaú BBA

Foto do Autor

Itaú BBA

• 4 minutos de leitura

Imagem escura com fundo tecnológico com o texto: "O que é IaaS, o BaaS do Itaú BBA?

Fintechs, bancos digitais e empresas não financeiras, como grupos de telecomunicações ou empresas de venda direta, hoje já conseguem operar em um mercado que até pouco tempo era restrito aos bancos. E fazem isso porque veem as soluções financeiras como aliadas para o crescimento de seus negócios.

Mas esse compartilhamento de espaço só é possível porque os grandes brancos (os chamados bancos incumbentes) de alguma maneira cooperam para simplificar uma operação que é extremamente complexa.

Essa operação tem um nome (BaaS) e, acredite, é acessível para qualquer empresa que deseja ter um banco digital para chamar de seu.Aqui no Itaú BBA ela ganhou outro nome: é o IaaS. Neste texto, eu vou explicar o que são todas essas siglas e como essa solução do Itaú BBA pode agregar valor ao seu negócio.

O que é BaaS?

Antes de entrar no significado de IaaS, é preciso entender o que é BaaS. Essa é uma sigla para o termo em inglês banking as a service, em tradução livre, banco como serviço.

Este termo pega carona no modelo de negócio “as a service”, viabilizado pela computação em nuvem que ajuda a unir algumas pontas sem necessariamente passar pela criação de toda uma infraestrutura ou contratação de pessoas para suportar uma estrutura para um serviço que se deseja contratar.

A instituição financeira que oferece o BaaS atua como uma facilitadora para empresas que queiram criar um ecossistema financeiro para melhor se relacionar com seus clientes.

É importante frisar que qualquer tipo de empresa (com um certo grau de digitalização, é verdade), seja ela financeira ou não, pode contratar de um banco já estruturado, como o Itaú BBA, alguns serviços bancários (saiba mais abaixo) para melhorar a experiência de seu cliente.

O que é IaaS?

IaaS, neste contexto¹, é o nome dado para a solução BaaS do Itaú BBA. O significado da sigla é Itaú as a Service. Com ela, a empresa que contratar a solução consegue criar um banco digital de seu negócio, independentemente de onde ela estiver, com a tecnologia, robustez, segurança e experiência tão reconhecida do Itaú BBA.

No IaaS, o Itaú BBA empresta a sua licença, infraestrutura (e arquitetura) tecnológica e bancária, suporte regulatório e conciliação de movimentações nas contas individualizadas para seus clientes corporativos. É um passo além do banking as service tradicional, geralmente ligado apenas às operações transacionais.

O IaaS é tudo o que o Itaú já oferece para seus correntistas, só que numa modalidade as a Service, com a roupagem que empresa que contrata o serviço desejar usar.

Empresas mais acostumadas no trato com o sistema financeiro podem contratar apenas essas soluções modularizadas que o Itaú as a Service oferece, este modelo chamamos de On-demand. É o caso por exemplo de bancos digitais, instituições de pagamentos, SCDs e demais players. Abaixo alguns exemplos de soluções que ofertamos a este público, os quais dividimos em Hubs, dado as especialidades para cada um deles.

  1. Pix – para Participantes Indiretos ou usuários;
  2. Adquirencia – para as subadquirentes, através da Rede;
  3. Infratech Banking – Conta Custodia, Banco Liquidante e Alias account / bank;
  4. Transacional (Cash management) – soluções de cash-in e out, tais como: boletos, pagamentos de contas, tributos e até saques na rede 24 horas;
  5. Open finance – Iniciação de pagamentos White-label.

Mas isso não significa que empresas não tão por dentro do dia a dia do sistema financeiro (mas que já identificaram que soluções financeiras podem levar seu negócio a um outro nível) não possam se beneficiar de uma solução como o IaaS.

Para esses casos, é oferecida a solução completa, cabendo ao Itaú BBA a gestão de quase todas as camadas (apenas o front-end é de responsabilidade de quem contrata o serviço), com apoio de parceiros de tecnologia, mas num modelo de contratação em que só há um ponto de contato. Aqui ela recebeu o nome de Full IaaS.

Como funciona o IaaS, o BaaS do Itaú BBA?

No vídeo abaixo, há uma breve explicação sobre como funciona o Itaú as a Service.

Em resumo, são três passos:

  1. O Itaú BBA disponibiliza acesso ao sistema bancário brasileiro via API, promovendo uma conexão mais simples e mais aderente ao perfil digital de clientes que desejam montar um banco digital;
  2. Uma plataforma (o serviço de cloud AWS) permite que a empresa incorpore seus serviços ao sistema bancário;
  3. A empresa que contrata o IaaS oferece as soluções financeiras para seus clientes para amplificar o relacionamento ou melhorar a experiência.

E aqui é importante destacar dois pontos:

  1. O IaaS está todo baseado na AWS, a computação em nuvem da Amazon. Isso confere leveza e rapidez para processar milhares de transferências simultâneas por segundo.
  2. A mesma infraestrutura que o Itaú usufrui está por trás da operação que as empresas que contratam o IaaS vão ter quando montarem seus bancos digitais. Essa robustez garante confiabilidade e escalabilidade com segurança.

Quem pode contratar o IaaS?

Como já citado mais acima, toda e qualquer empresa que já identificou que soluções financeiras podem ser boas ferramentas para escalar ou rentabilizar sua operação core ou melhorar a experiência de seu cliente pode contar com as soluções oferecidas no IaaS.

Isso significa que não existe um setor específico ou um tipo de empresa para o qual essa solução é mais indicada. É muito mais importante a maneira como uma instituição vai poder usufruir de um ecossistema financeiro próprio do que onde ela está alocada.

Mas é possível pensar num checklist de pilares que são comuns aos negócios que buscam no IaaS uma ferramenta de empoderamento. São eles:

  • Principalidade

O negócio é relevante para a jornada do cliente daquela empresa;

  • Recorrência

Não adianta ser relevante se o ponto de contato com o cliente é feito esporadicamente;

  • Escalabilidade

Não é uma condição “pétrea”, mas quem deseja montar um banco digital precisar ter escalabilidade para conseguir diluir os custos de uma operação como essa.

O seu negócio tem essas características? Então talvez seja a hora de conhecer um pouco mais sobre o IaaS, o BaaS do Itaú BBA. Aqui, contamos com um time dedicado para entender as dores e desejos de cada cliente para desenharmos em parceria o melhor caminho para a construção de um ecossistema financeiro digital.

Por Bernnardo Douat, head comercial do IaaS no Itaú BBA

Nota de rodapé

¹A sigla IaaS também pode ser usada para o termo Infrastructure as a Service, ou infraestrutura como serviço. É a oferta, como serviço e via computação em nuvem, de recursos de computação necessários para que uma empresa não tenha de adquirir, configurar ou gerenciar um ambiente de infraestrutura.

Saiba mais sobre o IaaS, o BaaS do Itaú