Itaú Blog

Cenário Macro Mensal: Janeiro 2023

Confira os principais destaques da nossa atualização mensal sobre o cenário econômico na visão do time de economia da Itaú Asset, liderado por Thomas Wu como economista-chefe.

Foto do Autor

Itaú Asset

• 3 minutos de leitura

Elaboração: Itaú Asset Management

Começamos o ano discutindo os assuntos que estão no centro do debate econômico: as perspectivas sobre a política monetária dos Bancos Centrais, a desaceleração da economia global, a reabertura da China e crise energética na Europa, assim como o comportamento da inflação.

Abaixo, você confere mais detalhes sobre os destaques do nosso bate-papo mensal relacionados ao cenário internacional e local.

Cenário internacional

No cenário internacional, a escalada da inflação em âmbito global, o posicionamento hawkish dos Bancos Centrais ao redor do mundo com o aumento das taxas de juros, as restrições advindas da política de covid-zero na China e a crise de energia na Europa tornaram a conjuntura desafiadora.

Agora, iniciamos o ano de 2023 diante de uma perspectiva mais positiva em relação a meses anteriores.

Nos Estados Unidos, após ritmo agressivo de aumento nas taxas de juros para controlar a inflação e as expectativas do mercado, o Fed (Banco Central dos EUA) vem indicando uma desaceleração no ritmo de altas, sem abandonar um posicionamento forte. Devemos observar uma desaceleração da atividade com recessão leve e lenta convergência da inflação para a meta. Ambiente que tem corroborado para um enfraquecimento do dólar.

Na Europa observamos um arrefecimento do inverso e melhores perspectivas para a inflação, ainda que preços relacionados a energia sigam pressionando uma postura hawk por parte do ECB.

No oriente, a reabertura da China pós flexibilização da política de covid-zero traz maior otimismo para a recuperação da atividade no país, em especial considerando o denominado efeito “revenge spending”, comportamento observado no restante do mundo pós lockdown.

Cenário local

No contexto local, o cenário com maiores incertezas relacionadas ao quadro fiscal e um IPCA (inflação ao consumidor) ainda em nível elevado sugerem cautela da autoridade monetária no que diz respeito ao momento em que será realizado um início de ciclo de flexibilização.

Confira as projeções atualizadas da nossa equipe econômica aqui.

Assista à live completa abaixo!