Itaú Blog

Pílula de ETFs: BITI11 destaque de performance (60%) - O que esperar para frente?

Foto do Autor

Renato Eid

• 2 minutos de leitura

O BITI11, ETF que oferece acesso ao Bitcoin, acumula retorno de 60% desde o início em 09/11/2022 até o final do último mês, se destacando em performance contra os principais mercados:

Fonte: Bloomberg e Itaú asset. Dados de 09/11/2022 até 31/05/2023

Neste ano, diversos elementos econômicos e geopolíticos se alteraram de forma significativa, trazendo maior volatilidade aos mercados financeiros e atraindo a atenção para criptomoedas pelas seguintes razões:

•  Intensificação da discussão de descentralização com ativos digitais, que tem limitada dependência do ecossistema financeiro tradicional

•  74% dos investidores institucionais estão extremamente/muito interessados nesta estratégia* reforçando a tendência pelo aumento de utilização desta classe de ativos nos portfolios.

• Dos novos aportes em ativos digitais, o Bitcoin concentrou 98% destas aplicações** 

Elementos como diversificação, escassez, maior usabilidade e ecossistema mais robusto nos levam a reforçar o papel do Bitcoin quando refletimos sobre nossos investimentos, mirando o médio/longo prazo, além de uma queda na volatilidade e na correlação do Bitcoin em comparação com os ativos de risco tradicionais.

O que esperar para frente?

• Acompanhar a possível entrada de Bitcoin no mercado de ETFs americano, abrindo mais alternativas de investimento no mercado mais líquido do mundo

Redução de ruído regulatório com recente acordo com autorreguladores americanos e mercado

• Aproximação do próximo Halving que deve acontecer em 2024

Hoje é possível investir de forma fácil e segura em Bitcoin com o ETF BITI11, que oferece acesso ao Bitcoin com uma única operação em ambiente regulado.

Clique aqui e conheça o BITI11. Para investir busque por BITI11 na sua corretora.