Principais destaques do painel: “ETFs na prática: vantagens para os investidores”

Confira um resumo do bate-papo da 4ª edição da Semana de ETFs Itaú Asset, que contou com a participação de Guilherme Candonhotto e Marilia Fontes, com moderação de Caique Cardoso

Por Itaú Asset

4 minutos de leitura
Imagem ilustrativa

Entre 03 e 07 de junho, promovemos a 4ª edição da Semana de ETFs Itaú Asset, em comemoração aos 20 anos da indústria no Brasil. O painel “ETFs na prática: vantagens para os investidores” contou com a participação de Guilherme Candonhotto, Sócio do Grupo Primo, e Marilia Fontes, Sócia-fundadora do Nord Research. A conversa contou com a moderação de Caique Cardoso, Especialista em ETFs da Itaú Asset.

Confira abaixo um resumo dos destaques da conversa.

Investindo na prática: da oportunidade de alocação até o investimento de fato

  • Na prática, existem alguns fatores a serem considerados antes de investir em um ETF, como o perfil de risco do investidor e o momento, considerando o cenário macroeconômico e sua estratégia.
  • Após verificar se o investimento desejado é adequado, é preciso buscar pela forma mais eficaz de acessar essa estratégia.
  • Além disso, é extremamente importante analisar a aderência do ETF ao índice, bem como a qualificação, dedicação e performance da equipe de gestão. Isso traz confiança e credibilidade para os produtos.

ETF como instrumento facilitador da gestão da carteira dos investidores

  • Conforme os ETFs começaram a se popularizar, um dos principais diferenciais identificados foi seu caráter de curto prazo. Isso porque o investidor pessoa física ganha mais liberdade para identificar mais oportunidades e fazer movimentos táticos, algo que antes era praticamente exclusivo de investidores profissionais.
  • Com ETFs de renda fixa, por exemplo, o investidor não precisa se preocupar com os movimentos e comportamento de curto ou longo prazo dos títulos que compõem as carteiras. É possível montar uma alocação mais passiva para o investidor pessoa física que prefere menos movimentações na carteira.

A experiência de investir em ETF

  • O cliente tem a melhor experiência possível ao investir em ETFs. Isso porque compra-se e vende-se um ETF como uma ação pelo homebroker da sua corretora.
  • A transparência é muito importante para o investidor pessoa física, que nem sempre tem acesso ao preço justo de mercado. A existência de um espaço em que não há necessidade de conferir o preço justo antes de fazer a operação traz confiança no instrumento. O ETF consegue trazer essa transparência com custos reduzidos, enquanto o Tesouro Direto, por exemplo, apresenta spreads de compra e venda.

Perspectivas futuras para os ETFs

  • Esperamos o surgimento de mais produtos, com maior volume, com gestores e alocadores utilizando ETFs no dia a dia para alocar suas respectivas carteiras com mais eficiência e eficácia.
  • É natural que o mercado caminhe cada vez mais em direção a produtos de baixo custo e eficiência tributária.

Confira o painel na íntegra abaixo.