Itaú Blog

Atividade de serviços acelera na China em março

No Radar do Mercado: o PMI de serviços da China divulgado ontem pela Caixin/Markit acelerou em março; na Alemanha, a produção industrial de fevereiro veio acima das expectativas do mercado

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 2 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços da China divulgado ontem pela Caixin/Markit subiu em março, de 55 para 57,8, marcando o terceiro avanço mensal consecutivo do indicador. Vale lembrar que leituras acima de 50 indicam uma expansão da atividade.

O resultado veio em linha com os dados do Escritório Nacional de Estatísticas da China (NBS, na sigla em inglês). O PMI não-manufatura já havia surpreendido ao acelerar em março (enquanto a expectativa era de uma queda), com os índices de serviços e construção atingindo novos recordes, impulsionados pela reabertura e contribuições positivas do mercado imobiliário.

De maneira geral, houve uma melhora disseminada entre os componentes do indicador. A leitura reforça os efeitos positivos do fim da política de covid-zero no país, impulsionados pela retomada do consumo e de serviços.

Produção industrial sobe 2% na Alemanha

A produção industrial da Alemanha subiu 2% em fevereiro, na comparação mensal. Houve uma desaceleração em relação ao mês anterior (3,5%), mas o resultado veio bem acima das expectativas do mercado, que eram de uma contração (-0,1%).

A leitura reforça o momento positivo do setor na Alemanha, após os pedidos de fábrica e as vendas na indústria, divulgados ontem, também surpreenderem positivamente no mês.

💬 O que achou deste conteúdo?