Itaú Blog

BC britânico eleva a taxa básica de juros para 1%

No radar do mercado: o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) elevou nesta quinta-feira (5) a sua taxa de juros em 25 pontos-base

Vanessa Daraya

• 2 minutos de leitura

(Crédito: Getty Images)

Como esperado pelo mercado, o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) elevou nesta quinta-feira a sua taxa de juros em 25 pontos-base, de 0,75% para 1%. É o quarto aumento consecutivo promovido pelas autoridades britânicas.

Segundo o comunicado, a decisão não foi unânime. Dos nove dirigentes, três deles votaram por um aumento maior na taxa de juros, de 50 pontos-base, diante das crescentes pressões inflacionárias globais. O comunicado indica, ainda, que a maioria das autoridades considera que mais elevações poderão ser apropriadas nos próximos meses.

Diante dos impactos causados pela guerra na Ucrânia, que afeta principalmente os preços de energia, as autoridades projetam que a inflação ao consumidor no Reino Unido deve saltar de 7% em março para 9% no segundo trimestre. O pico deve acontecer no quarto trimestre.

Com isso, houve uma elevação da previsão para a inflação de 2022, de 5,75% para 10,25%, e de 2023, de 2,5% para 3,5%. Para 2024, porém, houve redução de 1,75% para 1,5%.

Quanto ao crescimento econômico, o BoE manteve a projeção de Produto Interno Bruto (PIB) de 3,75% para este ano, mas reduziu para 2023 (de 1,25% para -0,25%). O BC também revisou para baixo sua estimativa de crescimento de 2024, de 1% para 0,25%.