Itaú Blog

Economia e mercados: inflações brasileira e americana no centro das atenções

Entenda melhor esses e outros fatores que impactaram os mercados ao longo dos últimos dias

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 4 minutos de leitura

Crédito: Itaú Private Bank

As inflações brasileira e americana marcaram a semana. Por aqui, o IPCA desacelerou, mas ainda indica uma pressão inflacionária generalizada. Nos EUA, o índice de preços acelerou para 1% no mês e 8,6% na comparação anual, acima das expectativas. Veja, abaixo, uma seleção completa dos principais fatos que marcaram a semana e que fazem parte do nosso relatório Economia e Mercados.

Focus: projeções para o IPCA sobem novamente

Após um hiato devido à greve dos servidores, o Relatório Focus foi parcialmente atualizado. Em relação à última pesquisa, de 29 de abril, a mediana das expectativas para o IPCA de 2022 subiu de 7,89% para 8,89%. Para 2023, a projeção subiu de 4,10% para 4,39%.

Clique aqui para ler a notícia completa.

Vendas no varejo crescem 0,9% em abril

O volume de vendas no varejo teve um crescimento mensal de 0,9% em abril, acima das expectativas (0,3%). Frente a abril de 2021, o comércio varejista cresceu 4,5%. Em 2022, o setor acumula alta de 2,3%.

Clique aqui para ler a notícia completa.

IPCA sobe 0,47% no mês, abaixo do esperado

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de maio foi de 0,47%, abaixo da taxa de abril (1,06%) e das expectativas do mercado (0,60%). Na comparação anual, o IPCA acumula alta de 11,73%, desacelerando frente a leitura anterior (12,13%).

Clique aqui para ler a notícia completa.

Inflação dos EUA avança 1% em maio

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos teve uma alta de 1% na comparação mensal e de 8,6% na base anual, ambos acima das expectativas do mercado (0,7% m/m e 8,3% a/a) e apontando para uma maior disseminação da inflação.

Clique aqui para ler a notícia completa.

BCE indica aumento de juros em julho

O Banco Central Europeu (BCE) destacou no comunicado da reunião desta semana que pretende elevar as taxas de juros em 25 pontos-base na reunião de julho, e promover um aumento em setembro, cuja magnitude dependerá dos dados econômicos.

Clique aqui para ler a notícia completa.

PIB na zona do euro cresce 0,6% no 1º trimestre

O PIB da zona do euro variou 0,6% no primeiro trimestre de 2022, na comparação com o quarto trimestre de 2021 (quando o crescimento foi de 0,3%). Frente ao mesmo período de 2021, a economia avançou 5,4%.

Clique aqui para ler a notícia completa.