Itaú Blog

Entendendo os CoCo bonds

Entenda como funcionam esses instrumentos de dívida, por que costumam sofrer perdas em um cenário de problemas de capital em um banco e o que levar em consideração antes de investir

Marcelo Menusso, Chief Credit Strategist

• 2 minutos de leitura

Crédito: Shutterstock

Os CoCo bonds sempre foram um tema de grande interesse entre os investidores de renda fixa. Mas o interesse por eles ficou ainda mais forte após o anúncio, em 19 de março, da aquisição do Credit Suisse pelo UBS. Como parte da transação, alguns dos bonds do Credit Suisse foram zerados, o que pegou muitos investidores de surpresa e aumentou o interesse pelo tema. Mas o que exatamente são CoCo bonds? E, mais importante, como esses instrumentos devem ser vistos do ponto de vista de investimento?

“CoCo” significa “Contingent Convertible". Esses instrumentos de dívida foram criados após a crise financeira de 2008-2009. São muito comuns entre as instituições europeias, mas também foram emitidos por bancos em outras regiões, inclusive na América Latina.