Itaú Blog

Expectativas de inflação entre consumidores recuam na zona do euro

No Radar do Mercado: pesquisa divulgada pelo Banco Central Europeu (BCE) apontou uma redução nas expectativas de inflação em fevereiro; também houve uma desaceleração na inflação ao produtor no bloco

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 2 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

Uma nova pesquisa divulgada pelo Banco Central Europeu (BCE) apontou uma redução nas expectativas de inflação entre consumidores em fevereiro, em linha com os preços mais baixos de energia.

As expectativas para os próximos 12 meses recuaram de 4,9% em janeiro para 4,6% em fevereiro. Já considerando o período de três anos, houve uma queda na mediana das projeções de 2,5% para 2,4%. A pesquisa foi feita com 14 mil adultos em seis dos maiores países da zona do euro.

Com a inflação bem acima da meta de 2%, a leitura sinaliza um maior otimismo dos consumidores em relação à trajetória dos preços na zona do euro, enquanto também é um sinal de que as expectativas de longo prazo provavelmente retornarão adiante aos níveis identificados antes do choque de energia.

Inflação ao produtor desacelera na zona do euro

O Índice de Preços ao Produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro desacelerou de 15,1% para 13,2% na comparação anual em fevereiro, ligeiramente abaixo das expectativas do mercado (13,3%), segundo a Eurostat, escritório oficial de estatística da União Europeia. Em relação à janeiro, o indicador caiu 0,5%.

De maneira geral, o resultado de hoje indica uma menor pressão de custos na região, o que, no geral, indica movimento em mesma direção da inflação ao consumidor (CPI) à frente.

💬 O que achou deste conteúdo?