Itaú Blog

Inflação dos EUA avança em janeiro, em linha com o esperado

No Radar do Mercado: a inflação americana medida pelo CPI avançou 0,52% em janeiro

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 2 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

O Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos registrou uma alta de 0,5% em janeiro, após ter avançado 0,1% em dezembro. A leitura veio em linha com as expectativas do mercado.

Na comparação com mesmo período de 2022, a alta foi de 6,4%, cedendo frente ao registrado no mês anterior (6,5%). No mês, o componente de energia voltou a avançar (2%), após recuar em dezembro, enquanto alimentação subiu 0,5%.

O núcleo do indicador, que exclui os itens mais voláteis, como alimentos e energia, avançou 0,4% em janeiro, praticamente o mesmo valor registrado em dezembro e em linha com as expectativas do mercado. Na base anual, houve uma leve desaceleração de 5,7% para 5,6%.

O índice de difusão, que mede o percentual de itens com aumento dos preços, subiu de 66% para 72%, sinalizando que a inflação está mais disseminada na margem.

Ainda que a divulgação de hoje tenha vindo em linha com as expectativas, o indicador mostra um núcleo ainda pressionado, com uma composição um pouco menos favorável. A leitura, portanto, não deve alterar a atual precificação do mercado de que o Federal Reserve (banco central americano) elevará os juros em 25 pontos-base nas próximas duas reuniões.

⚠️ Importante: devido ao Carnaval, não teremos a publicação do boletim No Radar do Mercado na segunda e terça-feira, dias 20 e 21 de fevereiro. Voltamos na quarta-feira, no período da tarde. Bom feriado!

O que achou deste conteúdo? 💬