Itaú Blog

IPCA-15 sobe 0,52% em dezembro

No Radar do Mercado: IPCA-15 acumula alta de 5,9% em 2022. Transportes e Alimentação e Bebidas foram responsáveis pelos maiores impactos no mês.

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 3 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

O IBGE divulgou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que registrou uma alta de 0,52% em dezembro, ligeiramente abaixo da leitura de novembro (0,53%) e relativamente em linha com as expectativas do mercado (0,54%). A variação acumulada no ano de 2022 ficou em 5,90%.  

A alta foi observada em sete dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados. Transportes, especialmente combustíveis e passagens aéreas, e Alimentação e Bebidas foram responsáveis pelos maiores impactos no mês. O corte de preços de gasolina na refinaria anunciado no início de dezembro deve impactar o IPCA fechado do mês.

O IPCA-EX3, núcleo que reúne componentes da inflação mais sensíveis ao ciclo econômico, segue desacelerando em relação aos picos recentes. Já o índice de difusão, que mede o percentual de itens com aumento dos preços, subiu e se encontra novamente acima de sua médica histórica (60%), atingindo 65,7%.

Nossa projeção para o IPCA no final de 2022 segue em 5,6%. Para 2023, nossa projeção é de 5,7%, com expectativa de volta da cobrança total de PIS/Cofins sobre gasolina e desinflação mais lenta de serviços.

O Radar fará uma pausa na próxima semana e retorna em janeiro. Desejamos a você e sua família boas festas, com muita alegria, saúde e prosperidade. Até 2023!