Itaú Blog

No radar do mercado: BC da China reduz taxa de juros

O banco central chinês reduziu a taxa preferencial para empréstimos de longo prazo de 4,60% para 4,45% ao ano

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 2 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

O banco central da China (PBoC, na sigla em inglês) decidiu reduzir sua taxa preferencial para empréstimos de longo prazo, muito usada em hipotecas. A chamada LRP de cinco anos ou mais caiu de 4,60% para 4,45% ao ano.

A decisão das autoridades surpreendeu o mercado e sinaliza que o governo está empenhado em estimular a economia, em especial o mercado imobiliário, em meio às restrições impostas para conter a onda de Covid-19 no país. Em contrapartida, a taxa para empréstimos de curto prazo, a LRP de um ano, mais usada por bancos comerciais e empresas, permaneceu em 3,70% ao ano.

Vendas no varejo sobem 1,4% no Reino Unido

As vendas no varejo do Reino Unido subiram 1,4% em abril, ante março, acima das expectativas (-0,3%). Na comparação anual, as vendas recuaram -4,9%, enquanto as estimativas apontavam para uma queda de -7,0% no índice. Também houve uma melhora nas revisões da leitura de março, de -1,4% para -1,2% m/m e de 0,9% para 1,3% a/a.

Ao excluir automóveis e gás, houve alta de 1,4% m/m, ante expectativa de -0,2%. A leitura anterior também foi revisada, de -1,1% para -0,9%. Na comparação anual, a queda foi de -6,1% em abril, ante expectativa de -8,3%. A revisão de março também apontou melhora, de -0,6% para -0,2%.