Itaú Blog

No radar do mercado: IBC-BR recua 0,11% em maio, abaixo do esperado

O Banco Central divulgou o IBC-Br de maio, que caiu 0,11% na comparação mensal, abaixo das expectativas do mercado

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 3 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

O Banco Central divulgou hoje o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) de maio, que caiu 0,11% na comparação mensal, abaixo da expectativa do mercado, que esperava estabilidade (0,05%). Também conhecido como proxy do BC para o Produto Interno Bruto (PIB), o IBC-Br permite o acompanhamento mensal do ritmo da economia.

Na comparação anual, o indicador avançou 3,74%. Em 12 meses, o indicador subiu 2,66%. Também houve revisão dos dados de abril, de -0,44% para -0,64% m/m, e de 2,23% para 2,14% a/a.

Câmara aprova PEC dos benefícios sociais

A Câmara dos Deputados aprovou a proposta de emenda à Constituição que amplia as transferências sociais e rejeitou todas as emendas. Em geral, o projeto implementa ou aprimora uma série de benefícios sociais até o final do ano.

Entre eles, estão um aumento do valor do Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600, além da eliminação da fila de espera para o benefício, um voucher pra caminhoneiros de R$ 1.000, aumento do valor do vale gás, bolsa temporária para taxistas, entre outros itens. O custo total estimado do projeto é de R$ 41 bilhões no segundo semestre, utilizando créditos extraordinários (ou seja, que não estão sujeitos ao teto de gastos) com a declaração do estado de emergência.