No radar do mercado: produção industrial cresce abaixo do esperado em maio

A Pesquisa Industrial Mensal (PIM) de maio apontou um crescimento do setor abaixo das expectativas do mercado. Além disso, a indústria ainda não conseguiu repor a perda de janeiro

Por Itaú Private Bank

3 minutos de leitura
Imagem ilustrativa do artigo No radar do mercado: produção industrial cresce abaixo do esperado em maio
Crédito: Getty Images

A Pesquisa Industrial Mensal (PIM) de maio apontou uma variação de 0,3% para o setor frente a abril, abaixo das expectativas do mercado (0,6%). Apesar de ser o quarto resultado positivo consecutivo, a indústria ainda não conseguiu repor a perda de 1,9% de janeiro.

Em relação ao mês de maio de 2021, o crescimento foi de 0,5%, na série sem ajuste sazonal. No ano, o setor acumula queda de 2,6%. Já em 12 meses, a retração é de -1,9%. Além disso, a indústria está 1,1% abaixo do patamar pré-pandemia.

Em maio, houve um comportamento predominantemente positivo do setor, com avanço de três das quatro grandes categorias econômicas (com as principais contribuições positivas vindo de bens de capital e de consumo duráveis) e 19 das 26 atividades industriais pesquisadas. Entre estas, os destaques são máquinas e equipamentos e veículos automotores, reboques e carrocerias, que voltaram a crescer após recuarem em abril. A surpresa negativa veio da indústria extrativa/mineração, que registrou queda no mês, enquanto a manufatura cresceu.

Diante dos indicadores, mantemos a projeção de que o PIB para o segundo trimestre seja de 1,1% tri/tri. Ainda esperamos um enfraquecimento da atividade no segundo semestre, com queda da renda das famílias e política monetária contracionista. Esperamos um PIB de 1,6% em 2022 e um crescimento modesto para 2023 (+0,2%).