Itaú Blog

No Radar do Mercado: setor manufatureiro avança nos EUA

O índice do Instituto de Gerência de Oferta (ISM, na sigla em inglês) de atividade manufatureira avançou de 55,4 para 56,1 em maio, acima das expectativas do mercado

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 3 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) industrial da China avançou de 46 para 48,1 em maio, segundo dados da S&P Global e Caixin Media. Apesar de resultados abaixo de 50 indicarem uma contração da atividade, a aceleração reflete a redução gradual das restrições impostas para conter a onda de Covid-19 no país.

O avanço mais limitado quando comparado ao indicador calculado pela Agência Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês), divulgado ontem, com avanço de 47,4 para 49,6, reflete a maior participação de PMEs na amostra, grupo mais vulnerável aos impactos das restrições.

Setor manufatureiro avança nos EUA

Nos Estados Unidos, o índice do Instituto de Gerência de Oferta (ISM, na sigla em inglês) de atividade manufatureira avançou de 55,4 para 56,1 em maio, acima das expectativas do mercado, que projetava uma desaceleração gradual, para 54,5.

A demanda por bens segue resiliente, com um crescimento de novas encomendas de 53,5 para 55,1, embora o componente de empregos nas fábricas tenha caído, de 50,9 para 49,6. Já os preços recuaram de 84,6 para 82,2, enquanto o tempo de entrega dos fornecedores desacelerou de 67,2 para 65,7, indicando que as pressões sobre as cadeias de suprimentos seguem como um peso na atividade manufatureira.

Mercados (atualizado às 12h)

Após operar por um breve período da manhã em queda, em reflexo ao movimento de aversão ao risco nas bolsas de Nova York após a divulgação do ISM nos Estados Unidos, o Ibovespa voltou a operar em alta, puxado pela valorização das commodities.

O dólar tem um dia de valorização, sendo negociado a 4,79 frente ao real. Na renda fixa, os juros futuros operam em alta, acompanhando o movimento de alta dos juros nos Estados Unidos e do petróleo no mercado global.