Itaú Blog

PIB da China cresce 4,5% no trimestre e supera expectativas

No Radar do Mercado: China registra alta de 4,5% no comparativo anual e segue indicando uma reabertura forte

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 3 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

O Produto Interno Bruto (PIB) da China subiu 4,5% no primeiro trimestre, na comparação anual, e surpreendeu o mercado, que esperava uma expansão mais branda (4%). Na comparação trimestral, o resultado dos primeiros três meses de 2023 apresentou um crescimento de 2,2%.

O setor terciário foi o principal responsável pelo resultado, com um crescimento de 5,4% no comparativo anual. O setor secundário também teve bom desempenho, puxado por exportações, crescendo 3,7% na mesma comparação.

O Escritório Nacional de Estatísticas do país (NBS, na sigla em inglês) também divulgou os dados de atividade de março. Um dos destaques foi o resultado das vendas no varejo, com um forte aumento em relação ao ano anterior, de 10,6%, impulsionado pela melhora nos componentes sensíveis à Covid-19, como o consumo em restaurantes.

O índice de serviços subiu, de 5,5% para 9,2% no comparativo anual. A produção industrial também acelerou, mas a alta de 3,9% na base anual foi menor que as expectativas, que eram de 4,4%. O índice de investimentos em ativos fixos desacelerou de 5,5% para 5,1%, também abaixo das expectativas de 5,8%. A taxa de desemprego, por sua vez, caiu para 5,3%.

Em suma, os dados para a atividade econômica foram predominantemente positivos, fortalecendo a narrativa de uma reabertura econômica vigorosa. Com os resultados do primeiro trimestre já conhecidos, o ímpeto da economia chinesa após o fim das restrições por Covid-19 começa a ficar mais claro. Esperamos um crescimento de 5,7% para o PIB deste ano.

💬 O que achou deste conteúdo?