Itaú Blog

Produção industrial cai 0,3% em janeiro

No Radar do Mercado: após variação nula em dezembro, produção industrial brasileira registra queda em janeiro

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 2 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

A Pesquisa Industrial Mensal (PIM) de janeiro, divulgada hoje pelo IBGE, apontou uma variação negativa de 0,3% em relação a dezembro do ano anterior, considerando o ajuste sazonal. Na comparação anual, a indústria avançou 0,3%, divergindo das expectativas do mercado por conta da revisão da metodologia.

No mês, três das quatro grandes categorias econômicas pesquisadas registraram recuo na produção, com bens de capital apresentando a queda mais acentuada. Bens de consumo, por outro lado, registrou alta.

Entre os 25 ramos pesquisados, 11 recuaram no mês. As influências negativas mais importantes vieram de produtos farmoquímicos e farmacêuticos e veículos automotores. Já os principais impactos positivos vieram da indústria extrativa, que interrompeu dois meses consecutivos de queda.

À frente, acreditamos que as condições monetárias mais restritas e a desaceleração da demanda doméstica continuarão a limitar a produção industrial. Esperamos uma queda para o 1º trimestre de 2023, impulsionada por uma contração no setor manufatureiro.

Relatório Trimestral de Inflação: mantendo a mensagem

O Banco Central divulgou hoje o Relatório Trimestral de Inflação (RI). Entre as revisões de cenário, destacamos a elevação da projeção de crescimento do PIB em 2023, de 1,0% para 1,2%, e a piora das projeções de crédito, com redução da expectativa de crescimento do saldo de crédito livre, tanto para pessoa física quanto jurídica.

De maneira geral, o RI mostrou projeções ainda consistentes com manutenção da taxa Selic no patamar atual de 13,75% a.a. por período prolongado. No momento, nosso cenário base contempla cortes de juros a partir do quarto trimestre de 2023.

💬 O que achou deste conteúdo?