Itaú Blog

Recessão à frente? Como o mercado de crédito americano precifica esse risco

The Weekly Globe: uma questão essencial para os mercados de renda fixa dos EUA é se o mercado de crédito está incorporando o risco de recessão adequado

Foto do Autor

Alejandro Estevez-Breton, Chief Fixed Income Strategist

• 2 minutos de leitura

Crédito: Getty Images/Itaú Private Bank

Desde que o Federal Reserve (Fed, banco central americano) começou a subir a taxa básica de juros dos EUA, os mercados financeiros enfrentaram incerteza e volatilidade ao longo do último ano. Isso acontece devido à disparidade de opiniões sobre a velocidade e magnitude do impacto da elevação do custo do dinheiro sobre a inflação e o crescimento econômico e, consequentemente, sobre os lucros das empresas nos próximos dois anos.

A guerra na Ucrânia e a epidemia de Covid-19 na China se somam aos potenciais elementos de pressão que podem afetar ainda mais a inflação e a resposta dos bancos centrais globais, incluindo o Fed. Apesar da disseminação da ideia de que a economia dos EUA enfrenta riscos negativos para o crescimento, não há consenso se a economia terá um pouso suave ou forçado.

Leia o artigo completo.