Itaú Blog

Senado dos EUA tenta evitar paralisação dos serviços públicos

No Radar do Mercado: Senado americano aprovou uma extensão do prazo de aprovação do financiamento dos serviços públicos; encomendas de bens duráveis surpreenderam o mercado

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 3 minutos de leitura

Créditos: Getty Images

Senado dos EUA tenta evitar paralisação dos serviços públicos

A possibilidade de um shutdown (paralisação dos serviços públicos) nos Estados Unidos está no centro das atenções dos investidores. Anualmente, o Congresso aprova o financiamento dos serviços, e o prazo para a Casa decidir sobre 2024 termina no próximo sábado, 30. Caso contrário, o governo entra em shutdown.

Na noite de ontem, 26, o Senado aprovou uma extensão temporária desse prazo, que manteria o funcionamento dos serviços até novembro. Porém, para que o projeto de financiamento entre em vigor, ainda é necessário que seja aprovado na Câmara dos Deputados. Kevin McCarthy (presidente da Câmara) deve decidir até sexta-feira se colocará o projeto em votação ou se apresentará um novo.

Encomendas de bens duráveis dos EUA surpreendem o mercado

As encomendas de bens duráveis dos Estados Unidos subiram 0,2% em agosto, na comparação mensal, bem acima das expectativas do mercado, que projetavam uma queda de 0,5% para o indicador. Os dados de julho ante junho foram revisados na leitura de hoje, apontando uma contração levemente mais intensa do que o apurado anteriormente (agora em -5,6%). Ao excluir os transportes, o crescimento das encomendas de bens duráveis foi de 0,4%, acelerando ligeiramente com relação a julho. Já ao excluir o setor de defesa, houve uma queda de 0,7%.

💬 O que achou deste conteúdo?