Itaú Blog

Taxa média de desemprego recua para 9,3% em 2022

No Radar do Mercado: a taxa média de desemprego brasileira alcançou o menor patamar desde 2015

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 2 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

A taxa de desemprego encerrou 2022 em 7,9% (abaixo dos 8,1% registrados em novembro), segundo dados divulgados pela Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua). O resultado veio ligeiramente abaixo das expectativas do mercado (em 8,0%). A taxa média em 2022 ficou em 9,3%, menor patamar desde 2015, segundo o IBGE, mostrando tendência de recuperação do mercado de trabalho após o impacto causado pela pandemia.

Com ajuste sazonal, a taxa permaneceu estável em 8,5% em dezembro, algo que é explicado pela queda da taxa de participação e emprego.

O recuo no emprego acontece devido a uma nova queda tanto no setor formal quanto no informal. Após um longo período em trajetória ascendente, o emprego formal tem recuado nos últimos dois meses. Apesar disso, a massa salarial real efetiva avançou no mês, impulsionada pelo aumento dos salários.

Esperamos que a taxa de desemprego suba ligeiramente ao longo de 2023, encerrando o ano em 8,6%, com ajuste sazonal. O emprego deve ficar relativamente estável devido ao ritmo de crescimento econômico mais ameno (principalmente a partir do segundo trimestre do ano), enquanto a taxa de participação deve permanecer em níveis baixos.

O que achou deste conteúdo? 💬