Itaú Blog

Deu match

TenisVesting: assim como nos jogos de tênis em dupla, um time vencedor nos investimentos é aquele que joga junto pelos clientes

Foto do Autor

Andrea Masagão Moufarrege, Team Leader - Investment Funds Specialists

• 4 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

Jogar tênis em dupla é muito diferente de jogar simples. O posicionamento em quadra muda, os golpes vencedores mudam, a estratégia muda. Porém, a grande diferença é que, para dar certo, tem que encaixar bem para os dois jogadores. Escolher bem seu parceiro não é simples, mas faz toda diferença, não apenas para ganhar, mas também para curtir o jogo por mais tempo.

Vão aqui alguns aspectos que os tenistas profissionais consideram para escolher seus parceiros de dupla:

  • Os objetivos são os mesmos? Ambos estão jogando com os mesmos propósitos?
  • Há sinergia entre os jogos? Golpes e estilos de jogos são complementares?
  • A comunicação é fácil (seja falando, sinalizando ou lendo o movimento do parceiro)?
  • As preferências em relação às datas de treino, tipo de quadra, momento de jogos são compatíveis?
  • Além de uma relação de amizade, a parceria desafia ambos a sempre jogarem melhor?
  • A parceria é só para um jogo ou visa uma construção de longo prazo?

Esse último ponto é mais importante do que parece quando olhamos a fundo a história da dupla masculina mais bem-sucedida de todos os tempos. Os irmãos Bryan ficaram 438 semanas como primeiros do mundo no ranking de duplas da ATP. Sempre jogaram juntos e somente em dupla. Se especializaram para serem os melhores. Os brasileiros Bruno Soares e Marcelo Melo também optaram pela especialização em dupla e atingiram destaque nos rankings de duplas conquistando o 2º lugar, 1º lugar, respectivamente, em momentos diferentes. Não dá para esquecer também que a única medalha olímpica brasileira no tênis foi em Tóquio 2020, quando a Laura Pigossi e a Luisa Stefani conquistaram juntas o bronze em uma virada incrível no super tie break.

-----------

Parceria e especialização têm tudo a ver com boas escolhas em investimentos.

Para entender mais sobre boas estratégias para investidores pessoas físicas escolherem melhor seus parceiros no mercado, conversei com a Paola Sarkis, que lidera o time de Bankers no segmento High do Itaú Private Bank e também adora bater uma bola.

Concluímos que bons investidores escolhem com muita atenção o time que vai cuidar de seus investimentos. O desafio para quem monta os times está não apenas no mercado, mas na diversidade de perfis de clientes que precisa ser atendido com excelência. É como ter que ganhar em qualquer quadra, a qualquer momento, sendo que o marcador de sucesso é o nível de satisfação de cada cliente.

Para montar o melhor time de Bankers, não basta que todos sejam muito bons em suas funções, eles precisam ser complementares e estarem sempre prontos para colocar em prática suas características de destaque na hora certa. É quase como montar a dupla no tênis com o melhor forehand, o melhor backhand, o melhor saque e o melhor voleio alavancados em duas pessoas.

Assim, com profundo conhecimento dos interesses, preocupações e estilo de trabalho de cada cliente, fica mais fácil escalar o banker correto para a atuação. Para aqueles clientes que exigem uma conversa mais técnica e profunda ou que tenham um perfil mais de ‘trading’ no mercado, por exemplo, entram em jogo os bankers de perfil mais técnico. Já para clientes que preferem uma linguagem mais leve e simplificada, são escalados os bankers que se destacam em construção de relacionamento.

Apesar da diversidade de conhecimento e experiências, é essencial que cada membro do time mantenha a preocupação genuína de conhecer e se conectar profundamente com cada cliente, além da visão de longo prazo na construção de portfólio para alcançar os objetivos e endereçar as preocupações de cada cliente.

Ao longo do processo, várias oportunidades de curto prazo surgirão, e cada banker usará suas melhores habilidades para fazer a diferença ao longo do tempo, como os tenistas usam seus melhores golpes para darem seus winners e ganharem mais jogos.

Um time vencedor de bankers é aquele que joga junto pelos clientes. Tem espírito de equipe, está sempre alinhado ao objetivo comum, é obstinado pela excelência nas entregas, é criativo e atualizado. Assim, consegue antecipar as demandas e surpreender.

Para chegar lá, tem que ser muito apaixonado pelo que faz.

Play!

Dicas:

📈 Em busca do Portfolio Perfeito, Andrew W. Lo & Stephen R. Foerster (leitura atual da Paola Sarkis)

🎾 Estratégias e Posicionamento de Duplas

💬 O que achou deste conteúdo?

Deixe seu comentário aqui e ajude a construir um TenisVesting cada vez melhor!