Itaú Blog

The Weekly Globe: a zona do euro e o risco de racionamento

Entenda a atual situação energética na zona do euro e qual seria o impacto de um racionamento na Alemanha, a maior economia do bloco

Victor Camacho, senior economist

• 2 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

Desde a invasão à Ucrânia, as expectativas para a economia da zona do euro vêm se deteriorando, devido especialmente à alta dependência de energia importada. Recentemente, o cenário se tornou ainda mais preocupante em razão da queda no fluxo de gás exportado pela Rússia.

A Alemanha, um dos maiores importadores do gás russo, vem adotando estratégias para gradualmente reduzir sua dependência. Mas, com todo o risco geopolítico presente, existe a possibilidade de os estoques chegarem ao inverno abaixo da meta do governo. Nesse contexto, a pergunta que fica é: qual seria o impacto de um racionamento de energia na maior economia da zona do euro?

Clique aqui para ler o relatório na íntegra.

Os textos do relatório expressam as opiniões dos autores, não necessariamente do Comitê de Investimentos.