Vendas no varejo caem em novembro

No Radar do Mercado: volume de vendas no varejo brasileiro teve uma queda mensal de 0,6% em novembro, abaixo das expectativas de mercado

Por Itaú Private Bank

2 minutos de leitura
Imagem ilustrativa do artigo Vendas no varejo caem em novembro
Crédito: Getty Images

O volume de vendas no varejo brasileiro teve um recuo mensal de 0,6% em novembro, segundo dados divulgados hoje pelo IBGE. O resultado veio abaixo da expectativa do mercado (-0,3%). Em relação ao mesmo período de 2021, as vendas cresceram 1,5%.

No comércio varejista ampliado, que inclui as atividades de Veículos, motos, partes e peças e Material de construção, o volume de vendas variou -0,6% na comparação mensal (também abaixo das expectativas de 0%) e -1,4% na comparação interanual.

Seis entre oito atividades recuaram no comércio varejista. A maior baixa foi observada nas vendas de Combustíveis e lubrificantes, seguido por Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação. Já as atividades do comércio varejista ampliado (Veículos e motos, partes e peças e Material de construção) apresentaram resultados positivos na margem.

Nossa visão é que a performance fraca do varejo deve continuar nos próximos meses, com a deterioração das condições financeiras e a desaceleração da atividade econômica. Após a divulgação de hoje, o nossotracking(estimativa de alta frequência) para o PIB do quarto trimestre permaneceu em -0,2% t/t.

O que achou deste conteúdo?