Itaú Blog

Vídeo: análise do cenário internacional, com Nicholas McCarthy

Acompanhe a conversa entre Nicholas McCarthy, Chief Investment Officer do Itaú Private Bank, e Daniela Fortuna, Head Comercial Internacional do Itaú Private Bank

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 3 minutos de leitura

Crédito: Itaú Private Bank

Aconteceu na segunda-feira, 6, uma live para os nossos clientes sobre mercados internacionais com Nicholas McCarthy, nosso Chief Investment Officer, moderada por Daniela Fortuna, Head Comercial Internacional do Itaú Private Bank.

Na conversa, Nicholas descreve quais são os principais pontos de atenção para os investidores diante do cenário atual, nossa visão e estratégias para diversificação das carteiras de investimento. Veja alguns pontos que são explicados com mais detalhes na live:

  • O Federal Reserve (Fed, banco central americano) começou o processo de elevação das taxas de juros dos Estados Unidos para controlar a inflação recentemente, na comparação com o Brasil;
  • Os sinais de desaceleração da economia americana devem começar a aparecer no terceiro trimestre, mas os mercados estão "nervosos" porque ainda não está claro qual será o patamar necessário de juros para que a inflação americana seja de fato controlada;
  • No Brasil, assim como em alguns países emergentes, o processo de elevação das taxas de juros começou bem antes do que em certos países desenvolvidos, o que beneficiou alguns mercados;
  • Algumas moedas de mercados emergentes, por exemplo, têm passado por um processo de apreciação. O S&P 500 (um dos principais índices dos EUA), por sua vez, ainda pode cair entre 5% e 6%, se os juros americanos chegarem a cerca de 4%;
  • O conflito na Ucrânia é uma das principais preocupações mundiais por ter efeitos recessivos e inflacionários, mas é preciso ter em mente que conflitos e guerras regionais são comuns na história. Portanto, esse não é um cenário novo;
  • A China tem enfrentado uma onda de Covid-19, e a política de tolerância zero do governo contra a doença tem afetado a atividade econômica chinesa e as cadeias globais de suprimentos. Por outro lado, o Brasil tem se beneficiado, de certa forma, por ser produtor de algumas dessas matérias-primas.

Para assistir ao vídeo completo, solicite o link da transmissão para a sua equipe de atendimento.