O que considerar na hora de contratar um seguro residencial?

Por Itaú

5 minutos de leitura
Homem feliz depois de ter adquirido um seguro residencial do Itaú

Um seguro residencial te ajuda a cuidar do seu lar e oferece tranquilidade para o seu dia a dia. Neste post, vamos explicar o que é seguro residencial, o que ele oferece e quais pontos você deve observar para escolher a melhor alternativa para o seu momento.

O que é um seguro residencial?

Seguro residencial é o seguro que te protege financeiramente contra eventos inesperados que podem acontecer com a sua casa (ou apartamento) e com os bens da sua residência. Se algo acontecer, você recebe uma indenização de acordo com a cobertura contratada.

Além disso, o seguro residência oferece um pacote de serviços que descomplica a sua vida e ajudar a manter as finanças em dia. Você pode acionar o seguro gratuitamente se precisar de serviços de emergência de chaveiro, eletricista, encanador, entre outros. Dependendo do tipo de cobertura que você tiver, também é possível contar com limpeza, guarda de residência, mudança e desentupimento.

Quais são os tipos de seguro residencial?

Existem basicamente três tipos de seguro residencial. Confira as principais características de cada um para descobrir qual é o mais adequado para você.

Estrutura física

Um dos tipos de seguro residência é o que protege apenas a estrutura física do imóvel. Ou seja, garante que você não tenha prejuízo com o imóvel se acontecer de uma árvore destruir telhas ou uma inundação estragar o piso.

Conteúdo

O segundo tipo protege apenas os bens que estão dentro do imóvel. Vamos imaginar que você more de aluguel em um apartamento e queira proteger apenas seus móveis, eletrodomésticos etc. Esse pode ser o tipo de seguro mais adequado para você.

Estrutura física e conteúdo

Existe ainda o terceiro tipo de seguro residencial, que protege tanto a estrutura do imóvel quanto o seu conteúdo. Basicamente, é a soma dos dois tipos anteriores.

O que considerar para contratar um seguro residencial?

Na hora contratar um seguro residencial é preciso avaliar alguns pontos para ter a certeza de que o produto escolhido cabe no seu bolso e atende suas principais necessidades. Confira o que vale a pena levar em conta.

Cobertura do seguro

Um quesito muito importante para considerar na hora de contratar um seguro residencial é a cobertura que ele oferece. Isso porque as seguradoras costumam oferecer diversos planos para atender as mais variadas necessidades.

Alguns planos cobrem praticamente qualquer evento relacionado à sua casa ou ao seu apartamento, incluindo danos a terceiros, enquanto outros são mais básicos e focam apenas nos imprevistos que podem gerar maior prejuízo. Vale a pena comparar as propostas antes de escolher.

Valor do seguro residencial

De forma geral, o seguro residencial costuma custar menos que outros tipos de seguro. Porém, da mesma forma que existem diversos planos de cobertura, existem diversos preços de seguro de residência. A regra é seguinte: quanto maior for a cobertura, mais alto é o preço. Então, o ideal é encontrar uma opção que atenda suas principais necessidades e caiba no seu orçamento.

Assistência do seguro

Mais um ponto a considerar, inclusive na hora de avaliar o preço, é se o seguro residencial que você está cotando oferece algum pacote de assistência. Alguns planos incluem gratuitamente serviços emergenciais de chaveiro, vidraceiro e pequenos reparos hidráulicos e elétricos. Há planos que vão mais longe e oferecem até hospedagem de animais domésticos e serviço de mudança. Vale a pena considerar suas prioridades na hora de avaliar os benefícios oferecidos.

Seguradora

Para evitar qualquer problema na hora de acionar o seu seguro, vale a pena pesquisar quais são as seguradoras com mais experiência e credibilidade no mercado.

Qual a diferença entre seguro residencial para casa e apartamento?

A principal diferença entre seguro residencial para casa e apartamento é o preço. O seguro para casa normalmente é mais caro porque as seguradoras entendem que casas estão mais expostas a riscos como assaltos, roubos e desastres naturais, como um vendaval ou uma enchente.

Já o apartamento normalmente fica mais protegido pela estrutura de segurança do prédio. Além disso, os condomínios são legalmente obrigados a ter um seguro condominial que responde por determinados tipos de danos estruturais. Tudo isso acaba tornando esse tipo de seguro mais barato.

Quais são os benefícios de ter um seguro residencial?

Um dos principais benefícios de ter um seguro residencial é a tranquilidade de saber que qualquer imprevisto que ocorra com seu imóvel não vai gerar prejuízo financeiro para você.

A segunda grande vantagem é que, ao contratar um seguro residencial, você ainda conta com serviços emergenciais gratuitos de encanador, chaveiro, eletricista etc, dependendo da cobertura que escolher.

É obrigatório ter um seguro residencial?

O seguro residencial não é obrigatório. Porém, imóveis alugados são obrigados a ter seguro contra incêndio, que pode ser pago pelo proprietário ou pelo inquilino, dependendo do que determina o contrato de aluguel.

Existe ainda o seguro condominial, que também é obrigatório e protege o condomínio contra acidentes e outras ocorrências. A contratação desse tipo de seguro é uma obrigação do síndico.

Conheça o Seguro Residencial Itaú

O Seguro Residencial Itaú oferece coberturas para as mais variadas necessidades e possibilidades financeiras. Entre as opções disponíveis, você pode escolher a que faz mais sentido para você neste momento. Também pode rever sua escolha sempre que achar necessário.

As principais coberturas oferecidas pelo seguro do Itaú são:

  • Incêndio, queda de raio e explosão;
  • Roubo e furto de bens;
  • Danos elétricos;
  • Conserto de eletrodomésticos;
  • Vendaval e granizo;
  • Quebra de vidros;
  • Desmoronamento, impacto de veículos ou queda de aeronave;
  • Danos a terceiros.

Além disso, dependendo do plano que você contratar, o Seguro Residencial Itaú assume os custos de mão de obra para realização de serviços como cobertura provisória de telhados, limpeza de ralos e sifões, troca de lâmpadas, entre outros.

Alguns planos podem cobrir ainda o pagamento de despesas de moradia temporária se a sua casa ou o seu apartamento ficar sem condições de uso.

Como contratar o Seguro Residencial Itaú?

O Seguro Residencial Itaú atende todos os pontos que você precisa observar antes de contratar um seguro residencial: oferece diversos tipos de cobertura e pacote de serviços para atender diferentes necessidades e orçamentos e conta com a segurança do Itaú.

A contratação pode ser feita pelo app seguindo este caminho:

Abra o aplicativo > Produtos > Seguros > Seguro Residencial.

Saiba mais sobre o Seguro Residencial Itaú e garanta o cuidado com o seu lar.

Você também pode gostar

Controle de gastos pessoais: como o Itaú pode te ajudar

No App você tem ferramentas que ajudam a controlar os gastos do dia a dia, cortar gas [...]

Como fazer um controle de orçamento?

Tem dúvidas sobre como montar um controle financeiro? Nesse post, damos dicas de como [...]

Como alcançar seus objetivos - parte I - Educação Financeira

Veja dicas de como se organizar para conseguir alcançar seus objetivos: Pode ser aque [...]