Itaú Blog

Vale a pena fazer um consórcio de imóvel?

O que avaliar na hora de fazer um consórcio de imóvel? Conheça as vantagens e diferenciais que podem fazer essa escolha valer a pena para você.

Está pensando em comprar um imóvel, mas ainda tem dúvidas se o consórcio é a melhor opção para você?
Foto do Autor

Consórcio Itaú

• 7 minutos de leitura

Nesse artigo traremos informações valiosas para te ajudar na sua tomada de decisão. E aqui já vai a primeira dica: mais do que saber se fazer um consórcio de imóvel vale a pena ou não, você precisa se perguntar o que funciona melhor para você de acordo com o seu momento de vida.

O que é e como funciona um consórcio de imóvel

Um consórcio de imóvel é um tipo de compra programada em grupo, na qual várias pessoas se unem em torno de um mesmo objetivo. Para isso, os participantes pagam uma parcela mensal, que é usada para formar o chamado Fundo Comum. É desse fundo que saem as quantias necessárias para contemplar um ou mais participantes (por meio de sorteios ou lances) a cada mês, até que todos os participantes recebam sua carta de crédito. 

Vamos rever as principais etapas de um consórcio?

Contratação: ao contratar um consórcio - seja ele de imóvel, carro, moto ou caminhão -  você se junta a um grupo de pessoas com o mesmo objetivo que você. As parcelas pagas vão para o fundo comum.
Assembleia: organizadas mensalmente pela administradora do seu consórcio para definir por sorteio quem vai receber o crédito. Além do sorteio, sabia que você também pode aumentar as suas chances ao dar um lance?
Contemplação: quando você é sorteado ou dá um lance vencedor e recebe a carta de crédito, dizemos que sua carta foi contemplada. Com o valor que precisa em mãos, é só realizar a compra do bem que tanto planejou. 
Encerramento: o grupo formado em um consórcio só é encerrado quando todos os participantes foram contemplados com a carta de crédito. Ninguém fica para trás!  

O que comprar com um consórcio de imóvel?

Essa é fácil de responder: você pode comprar uma casa, apartamento, terreno, fazer uma reforma estrutural ou até mesmo usar a sua carta de crédito contemplada para quitar um financiamento. Os imóveis podem ser novos ou usados, residenciais ou comerciais. 
Ah, e ainda é permitido usar seu FGTS no abatimento das parcelas ou para dar um lance!

Mas afinal, consórcio de imóvel vale a pena?

Como dissemos anteriormente, essa é uma pergunta que não tem resposta óbvia. Você precisará avaliar os prós e os contras e analisar se vale a pena para o seu planejamento de vida, sua organização financeira e seus objetivos pessoais. 

Há pessoas que aderem ao consórcio pois consideram uma forma de se planejarem para o futuro sem ter grandes impactos de custo no dia a dia; outras que enxergam no consórcio a possibilidade de construir um patrimônio para presentear filhos ou parentes; tem gente que compra um bem à vista com a carta contemplada e deixa o imóvel alugado para usar o dinheiro do aluguel no abatimento mensal das parcelas… enfim, existem muitas possibilidades!

Vantagens do consórcio imobiliário

JUROS ZERO
O consórcio opera
sem encargos de juros, já que não envolve empréstimos bancários. Portanto, você quita apenas a taxa administrativa, estabelecida no contrato e distribuída entre todas as parcelas do consórcio. A atualização das prestações ocorre apenas para ajustar-se à inflação, preservando o poder de compra da carta de crédito para todos os contemplados.

SEM ENTRADA E COM PRAZOS LONGOS
Dentro do consórcio, o
parcelamento do crédito é total, dispensando a necessidade de entrada. Com prazos que se estendem até 240 meses, as parcelas tornam-se reduzidas e têm um impacto mínimo no seu orçamento familiar ou empresarial.

FLEXIBILIDADE
Ao usar a carta de crédito para adquirir o bem em questão, normalmente é possível empregar até 10% do valor total para custear despesas como taxas cartoriais e outras documentações. Por fim, também existe a possibilidade de receber o valor em espécie, caso não haja mais interesse em utilizar a carta de crédito no momento da contemplação.


ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA 
Se você deseja adquirir mais disciplina e realizar um planejamento financeiro mais eficiente, o consórcio se mostra uma opção ideal. O
Itaú se destaca no mercado de consórcios, oferecendo especialistas prontos para esclarecer dúvidas, auxiliar na escolha da melhor carta de crédito e orientar durante todo o processo, mantendo um canal aberto de comunicação para facilitar o contato com os clientes.  

Como fazer um consórcio de imóveis?

A contratação do consórcio normalmente é menos burocrática, pois não é preciso comprovar renda. A primeira etapa é selecionar a carta de crédito de imóveis que melhor atende aos seus objetivos: analise os valores disponíveis, o prazo de pagamento, a frequência dos sorteados e a média dos lances vencedores. A partir daí é só pagar as parcelas em dia e aguardar as assembleias mensais para saber se você foi contemplado. 

O Itaú é uma referência no mercado: nosso time de especialistas está sempre a postos para esclarecer suas dúvidas e somos reconhecidos como um dos bancos que mais contemplam seus consorciados. Para contratar um Consórcio de Imóveis você só precisa ter pelo menos 16 anos e, se for correntista do Itaú, pode fazer tudo com ainda mais praticidade pelo app.  

Se você sonha com a casa própria ou deseja construir um patrimônio sem precisar pagar juros e entrada, vale a pena considerar fazer um consórcio de imóveis. Escolha sua próxima conquista, faça uma simulação e conte com o Itaú pra chegar lá.