Itaú Blog

Gestão financeira para pequenos negócios: Quais as particularidades?

Foto do Autor

Itaú Empresas

• 10 minutos de leitura

Homem furando uma madeira com furadeira

Hoje em dia, está mais simples começar uma pequena empresa. Há mais acesso a crédito, a informação e o processo todo é simplificado. Porém, isso não significa que existam desafios, especialmente quando chega a hora de lidar com o dinheiro. Mesmo que os valores sejam menores, a gestão financeira para pequenos negócios ainda exige bastante cuidado.

Para ganhar competitividade e longevidade no mercado, é essencial começar seu negócio com um planejamento financeiro e fazer uma boa gestão dos seus recursos. Se você já começou sua empresa e ainda não organizou sua gestão financeira, lembre-se de que é possível se adaptar. O mais importante é entender que a gestão financeira de pequenos negócios é bem diferente da que fazemos em casa, com as despesas domésticas.

Confira aqui algumas das principais particularidades da gestão financeira para pequenos negócios.

Por que é bom melhorar sua gestão financeira?

Para o micro e pequeno empreendedor, é bem tentador focar apenas no seu trabalho e não pensar muito na parte administrativa. Mas dessa forma você corre o risco de não atingir os seus objetivos. Uma boa gestão financeira contribui de várias maneiras para o pequeno negócio. Veja alguns exemplos.

Equilibra despesas e ganhos

Se você tirar os olhos das finanças da empresa por muito tempo, é bem provável que comece a perder dinheiro sem sequer perceber. A maioria dos gastos não é notável logo de cara. Você só vai sentir a diferença de verdade quando os números se acumularem e começarem a interferir no seu fluxo de caixa.

Ajuda a compreender as necessidades do seu negócio

Toda empresa precisa passar por alguns ajustes de tempos em tempos, mas especialmente nos primeiros meses de vida. E uma boa gestão financeira é ótima para identificar esses pontos que precisam de mais atenção. Por exemplo, saber onde estão seus principais gastos, quais produtos os clientes mais buscam, entre outras coisas.

Acompanha os resultados

Tão importante quanto fazer um bom planejamento é acompanhar os resultados obtidos no final desses planos. Sem isso, você não tem como saber se conseguiu o que queria ou se é hora de repensar a sua estratégia. Ficar sem um feedback dos seus investimentos só aumenta o risco de insistir em um plano que não está dando certo.

Identifica e previne riscos

Além de tomar nota dos seus resultados, uma boa gestão financeira também leva em conta cenários futuros e potenciais riscos para a empresa.

Se você sabe que os próximos meses podem ser menos rentáveis, então pode se planejar de acordo e manter seu fluxo de caixa equilibrado até que a situação se normalize. Algo muito importante para negócios sazonais, que concentram suas vendas em uma época específica do ano.

Como melhorar a sua gestão financeira para pequenos negócios

Pode ser difícil no começo, mas logo você vai aprender como fazer uma boa gestão financeira. Confira aqui algumas dicas.

Separe o dinheiro da empresa e o de casa

A primeira coisa que todo novo empreendedor deve fazer é abrir uma conta comercial e separar completamente o dinheiro da empresa e o pessoal. Mesmo que você seja um MEI, não tendo separação legal entre sua pessoa física e jurídica, ainda é melhor ter uma conta bancária separada para receber o dinheiro dos seus negócios.

Deixar tudo no mesmo orçamento pode tornar o processo mais complicado. Pode ser que você gaste o dinheiro da empresa em algo pessoal sem querer ou vice-versa. Ou, então, vai ter alguns problemas quando chegar a hora de declarar o Imposto de Renda.

Precifique e atualize sua tabela de preços

Escolher o preço certo para seus produtos e serviços é fundamental para o sucesso do seu negócio. Você precisa cobrar o valor certo para atrair mais clientes, manter uma boa margem de lucro e também para cobrir todas as suas despesas, é claro.

Definir o preço ideal é a parte mais difícil. Há os fatores básicos a considerar, como o seu custo e os preços praticados na sua área. Mas também há outras questões mais complicadas envolvidas. Por exemplo, se você cobrar um valor muito abaixo do padrão, vai desvalorizar o seu trabalho.

Invista em software de contabilidade

Há quem acredite que os softwares de gestão e contabilidade são para as grandes empresas. E, alguns anos atrás, isso seria verdade. Hoje eles são bem mais acessíveis e pensados para facilitar a gestão financeira para pequenos negócios. Depois que aprender como usá-los, vai ser bem mais fácil controlar suas finanças.

Defina objetivos financeiros

Ter metas financeiras para seu negócio é sempre uma boa ideia. Assim, você terá um direcionamento mais claro para suas decisões e planos. Primeiro, você precisa suprir o seu capital de giro, que é o valor mínimo que você deve para manter as portas abertas.

Depois, vem o dinheiro das despesas, do seu próprio salário e, por fim, criar um fundo de reserva ou separar dinheiro para expandir suas atividades.

Corte os desperdícios

A melhor maneira de aumentar a rentabilidade de uma pequena empresa não é necessariamente fazer mais dinheiro, mas sim gastar menos. Para isso, você pode começar cortando gastos desnecessários e desperdícios, seja nos materiais, nos processos, conta de luz e água etc. Uma empresa mais eficiente pode produzir mais com menos.

Faça um levantamento das despesas

Todo negócio tem algumas despesas que são fixas ou semifixas. Pagamento de funcionários, contas, material de trabalho, equipamento, tributos, entre outras coisas do tipo. Sempre tome nota desses valores e acompanhe-os ao longo do tempo. É mais um indicativo de que você precisa se planejar financeiramente.

Defina uma política de cobrança

Sabemos que a inadimplência pode ser um problema em qualquer empresa. Por isso, o melhor é ter uma política de cobrança clara, com prazos e restrições desde o começo. Estar aberto a negociações e uma conversa franca com o cliente também pode render bons resultados.

Pode levar um tempo até que você se acostume, mas sempre compensa melhorar a gestão financeira para pequenos negócios. É um pouco de trabalho hoje para manter as portas abertas por muito mais tempo.

Quer aprender mais para melhorar sua gestão financeira? Então, cadastre-se em nossa área de membros e confira a trilha completa do tema. Todo o conteúdo é gratuito!