Itaú Blog

Bolsas de mercados emergentes: o que esperar em meio às taxas americanas em alta?

Neste artigo, nos aprofundamos na relação entre os retornos de bolsas de mercados emergentes e as taxas de títulos do Tesouro americano

Rodrigo Lopes & Eduardo Coccaro

• 2 minutos de leitura

Crédito: Shutterstock

Investidores ao redor do mundo vêm acompanhando as altas nas taxas dos títulos do Tesouro americano e seus impactos nos mercados. Bolsas, por exemplo, são bastante sensíveis às taxas dos títulos de longo prazo, como o de dez anos.

Ao longo das últimas décadas, as bolsas de mercados emergentes tenderam a exibir uma performance positiva com relação a estas taxas: períodos em que as taxas subiam geralmente coincidiam com a valorização das ações.

Confira o artigo completo.

Leia também

Leia também

Por que os títulos do Tesouro dos EUA não estão se comportando como ativos seguros? | Private Insights

Neste artigo, avaliamos o desempenho desses ativos nos últimos 25 anos, as razões que [...]

Como analisar vencimentos de títulos e duration de portfólios de renda fixa | Private Insights

Entenda como o duration pode afetar os retornos da carteira, por quais motivos é impo [...]

Agora que a inflação diminuiu, renda fixa IPCA+ é mau negócio? | Private Insights

Neste artigo, explicamos os motivos que nos levam a acreditar que as taxas seguem atr [...]