Itaú Blog

Entenda melhor as mudanças de regras para LCI, LCA, CRI e CRA

Neste artigo, explicamos as razões que levaram a essas alterações e suas implicações. Além disso, exploramos como elas podem afetar o mercado de capitais brasileiro adiante

Humberto Vignatti, BR Fixed Income Strategist

• 2 minutos de leitura

Crédito: Shutterstock

No início deste mês, o Conselho Monetário Nacional (CMN) publicou duas novas Resoluções (nº 5.118 e nº 5.119 – 1º de fevereiro de 2024) alterando diversas regras relacionadas a certos títulos de crédito privado que nos últimos anos apresentaram participação crescente nas carteiras de investimento de investidores em geral.

De forma resumida, LCIs, LCAs, CRIs e CRAs, títulos lastreados em recebíveis relacionados aos setores imobiliário e do agronegócio, tiveram um aperto das condições para emissão, tornando mais duras diversas variáveis importantes tais como elegibilidade para securitização, prazos, entre outras.

Confira o artigo completo.

Leia também

Leia também

Por que os títulos do Tesouro dos EUA não estão se comportando como ativos seguros? | Private Insights

Neste artigo, avaliamos o desempenho desses ativos nos últimos 25 anos, as razões que [...]

O que esperar do cenário internacional em 2024?

Neste artigo, analisamos os potenciais cenários para 2024, com foco na economia ameri [...]

Transição econômica da China: de tijolos a microchips | Private Insights

Neste artigo, analisamos os recentes movimentos do governo, quais as dificuldades a s [...]