IGP-M avança 0,89% em maio; Desemprego cai para 7,2% em abril

No Radar do Mercado: enquanto o IGP-M avançou na leitura de maio, o desemprego recuou no trimestre encerrado em abril

Por Itaú Private Bank

2 minutos de leitura

IGP-M de maio registra alta

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) divulgado pela FGV avançou 0,89% em maio, acima da expectativa do mercado. O acumulado dos últimos 12 meses segue em território negativo, com queda de 0,34% na leitura de hoje.

A alta foi puxada principalmente pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), com destaque para matérias-primas brutas e bens intermediários, com a alta expressiva do minério de ferro após queda em abril. Analisando os diferentes estágios de processamento, destaca-se que o grupo de Bens Finais variou 0,06% em maio, após queda de 0,13% no mês anterior. Já dentro do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) os grupos Alimentação, Habitação e Vestuário exibiram recuo em suas taxas de variação.

Desemprego cai para 7,2% em abril (com ajuste sazonal)

A taxa de desemprego do trimestre encerrado em abril foi de 7,5%, segundo dados divulgados pela Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua). O resultado veio ligeiramente abaixo das expectativas do mercado (em 7,7%). Com ajuste sazonal, a taxa de desemprego caiu para 7,2%, de 7,4% no trimestre encerrado em abril.

O resultado acontece devido ao aumento de 0,4% do emprego na comparação com o mês anterior, com ajuste sazonal. A taxa de participação ficou estável em 62,2%. Além disso, a massa salarial real efetiva avançou 0,9% no mês, impulsionada pela expansão do emprego associada ao aumento do rendimento médio.

Nossa visão: os dados divulgados hoje mais uma vez confirmam que o mercado de trabalho segue apertado. A taxa de desemprego recuou novamente, puxada pelos setores informal e formal, enquanto a taxa de participação ficou estável. Os salários reais efetivos também voltaram a subir depois de um pequeno recuo em março.

💬 O que achou deste conteúdo?

Leia também

Leia também

Nossa recomendação de investimentos de abril

Nicholas McCarthy, Chief Investment Officer (CIO) do Itaú, resume a análise do cenári [...]

Resultados das Big Techs e a volatilidade no mercado de veículos elétricos

Tech Trends: enquanto empresas como Meta e Microsoft tiveram resultados mistos, a Tes [...]

A Selic pode voltar a subir nos próximos 12 meses?

Neste artigo, analisamos os motivos que explicam essa precificação e como isso se ref [...]