Itaú Blog

O que podemos esperar para o Real em 2024?

Neste artigo, nos aprofundamos na sensibilidade da taxa de câmbio ao diferencial de juros e o que podemos esperar à frente

Eduardo Coccaro, Strategy Analyst

• 2 minutos de leitura

Crédito: Shutterstock

Conforme nossos leitores têm acompanhado, temos defendido um viés positivo para o Real ao longo de 2023. Dentre os fatores que devem sustentar uma eventual valorização da nossa moeda estão seu descasamento com o índice amplo de commodities nos últimos quatro anos, assim como sua sensibilidade ao apetite de risco no mercado internacional, o qual tem melhorado recentemente após sinais desinflacionários na economia americana.

Contudo, as incertezas no cenário local, assim como eventuais surpresas vindas de fora, não devem ser descartadas e podem pesar sobre uma eventual recuperação. É possível dizer, então, que o ano novo começa com uma assimetria positiva de valorização para o Real. Neste artigo, focaremos em mais um ponto de apoio para uma trajetória de fortalecimento da moeda brasileira: o diferencial de juros reais.

Confira o artigo completo.

Leia também

Leia também

Por que os títulos do Tesouro dos EUA não estão se comportando como ativos seguros? | Private Insights

Neste artigo, avaliamos o desempenho desses ativos nos últimos 25 anos, as razões que [...]

O que esperar do cenário internacional em 2024?

Neste artigo, analisamos os potenciais cenários para 2024, com foco na economia ameri [...]

A importância de 2025 para o comportamento dos ativos de renda fixa

Neste artigo, discutimos as razões para a expectativa de inflação do mercado estar ac [...]