Itaú Blog

Petrocaubóis e os rumos do dólar

A relação inversa entre o preço do petróleo e o dólar é um mantra de mercado de longa data, mas flutuações recentes sugerem que esta correlação está passando de negativa para positiva

Eduardo Coccaro, Strategy Analyst

• 2 minutos de leitura

Crédito: Shutterstock

A existência de uma relação inversa entre o preço do petróleo e o dólar é um mantra de mercado de longa data que tem se provado, durante a maior parte da história recente, correto. Não obstante, flutuações recentes no preço da commodity e da moeda americana sugerem que esta relação está se tornando menos intensa e, possivelmente, passando de uma correlação negativa para positiva. Por isso, investigamos o que poderia estar por trás deste desdobramento e suas potenciais ramificações.

Ao longo das últimas décadas,  o dólar e o preço do petróleo geralmente exibiram movimentos contrários. Durante este período, a vasta maioria das transações no mercado de petróleo mundial tem sido denominadas em dólar. Ou seja, quando ocorre uma desvalorização da moeda americana, compradores precisam de mais dólares para comprar um barril de petróleo, e vice-versa.

Confira o artigo completo.

Leia também

Leia também

Vídeo: nossas atualizações do cenário macro para fevereiro

Confira os destaques do bate-papo com Gina Baccelli, Rodrigo Lopes e Humberto Vignatt [...]

Entenda melhor as mudanças de regras para LCI, LCA, CRI e CRA

Neste artigo, explicamos as razões que levaram a essas alterações e suas implicações. [...]

Um guia sobre as eleições americanas de 2024 | Private Insights

Confira nosso guia sobre a disputa presidencial americana de 2024 que teve pontapé na [...]