Itaú Blog

Ata do Copom: por ora, manutenção do ritmo

No Radar do Mercado: ata da última reunião de política monetária indicou que o comitê está convicto que o ritmo de corte de 50 pontos-base é o adequado para os próximos encontros

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 2 minutos de leitura

Crédito: Getty Images

Foi divulgada a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), trazendo detalhes do encontro que definiu o início do processo de corte na taxa Selic, começando com uma redução de 50 pontos-base.

De maneira geral, o documento mostrou que a decisão foi tomada com base na evolução do cenário, com destaque para a redução das expectativas de inflação após a definição da meta e mudança para o sistema de meta contínua pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), além da melhora na inflação cheia.

A ata reforçou que o debate envolveu uma redução de 25 ou 50 pontos-base, mas que, qualquer que fosse a decisão, o ciclo de flexibilização requer uma postura conservadora. À frente, há consenso no comitê com cortes de 50 pontos-base. O texto estabelece uma barra alta para uma aceleração no ritmo de cortes, que exigiria uma forte reancoragem das expectativas inflacionárias, ampliação do hiato do produto (ou seja, aumento da capacidade ociosa na economia) ou uma inflação de serviços substancialmente menor. Se qualquer uma dessas condições for atendida, a situação pode mudar.

Diante disso, mantemos a projeção de que a Selic encerrará o ano em 11,75% a.a., mas não se pode descartar uma flexibilização mais rápida, principalmente no final do ano. O comitê também indica que espera manter a taxa Selic em território contracionista ao longo do ciclo, sustentando a visão de que o nível terminal de juros pode ser abaixo de 10,00% a.a., mas não muito.

💬 O que achou deste conteúdo?

Leia também

Leia também

Copom corta taxa Selic no Brasil; BC britânico eleva juros novamente | Private Insights

O Copom começou o ciclo de flexibilização monetária levando a taxa Selic para 13,25; [...]

Por que os títulos do Tesouro dos EUA não estão se comportando como ativos seguros? | Private Insights

Neste artigo, avaliamos o desempenho desses ativos nos últimos 25 anos, as razões que [...]

Produção industrial registra ligeiro avanço em junho | Private Insights

No Radar do Mercado: a produção industrial avançou 0,1% em junho, pouco acima da expe [...]