Itaú Blog

Congresso dos EUA adia shutdown provisoriamente

No Radar do Mercado: o congresso americano aprovou um projeto de lei para evitar a paralisação dos serviços públicos até 2024

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 2 minutos de leitura

O Congresso dos Estados Unidos aprovou um projeto de lei de financiamento temporário para evitar um shutdown (paralisação dos serviços públicos) no país, uma vez que o orçamento anual ainda não foi aprovado, e o prazo para decidir sobre 2024 deveria ter terminado em 30 de setembro, data que marca o fim do ano-fiscal americano. A medida recém-aprovada adia novamente um conflito partidário sobre os gastos federais e deixa de fora a ajuda emergencial para Ucrânia e Israel.  

A alternativa para conseguir aprovar a medida foi a divisão em duas partes, com datas finais diferentes. Parte dos recursos financeiros será disponibilizado até 19 de janeiro, e a outra parte estará disponível até 2 de fevereiro. 

Um total de 209 deputados democratas e 127 republicanos votaram a favor da medida na Câmara, mostrando uma divisão no Partido Republicano. No Senado, a margem de votação foi maior, com um total de 87 votos a favor e 11 contra. Agora, a medida segue para a sanção presidencial. 

Em paralelo, a agência Moody's reduziu na sexta-feira, 10, a perspectiva de classificação de crédito dos EUA (atualmente com um rating AAA, nota máxima em sua escala), de estável para negativa. A revisão reflete os riscos fiscais crescentes no país e aponta especificamente para a polarização no Congresso.   

💬 O que achou deste conteúdo?

Inflação americana fica abaixo das expectativas

No Radar do Mercado: a inflação mensurada pelo CPI avançou menos do que as expectativ [...]

Relatório Focus: queda na expectativa de inflação para 2023

No Radar do Mercado: após a surpresa no IPCA de outubro, o Relatório Focus divulgado [...]

IPCA surpreende; Copom sinaliza ritmo constante à frente

Economia e Mercados: o Copom sinalizou uma manutenção do ritmo de cortes nas próximas [...]