Itaú Blog

IBC-Br recua em setembro; Inflação desacelera na zona do euro

No Radar do Mercado: o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) de setembro veio abaixo do esperado; na zona do euro, a leitura final do CPI confirma desaceleração da inflação

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 3 minutos de leitura

O Banco Central divulgou hoje o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) de setembro, que recuou 0,06% na comparação mensal, patamar relativamente estável. O resultado veio ligeiramente abaixo da expectativa do mercado, que era de uma alta (0,2%), e marca o segundo mês consecutivo em patamar negativo do indicador.  

Na comparação anual, a alta foi de 0,3%. Além do resultado do setor de serviços (que registrou queda), a divulgação, que acompanha a evolução da atividade econômica do país, agrega também o número da produção industrial e das vendas no varejo ampliado (que registraram alta), além das estatísticas do setor agropecuário. 

Inflação da zona do euro desacelera em outubro

A leitura final do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro confirmou uma desaceleração da inflação em outubro, de 4,3% para 2,9% na comparação anual. O núcleo do indicador, que exclui itens mais voláteis (como alimentos e energia), ficou em 4,2%, também desacelerando em relação ao resultado anterior (4,5%).   

De maneira geral, a leitura confirma o processo de desinflação gradual no núcleo do indicador, que, associada à atividade econômica mais fraca na região, corrobora a expectativa de que o ciclo de alta nos juros promovido pelo Banco Central Europeu (BCE) tenha terminado, com o foco passando a ser o período no qual as taxas devem seguir em território restritivo. 

💬 O que achou deste conteúdo?

Congresso dos EUA adia shutdown provisoriamente

No Radar do Mercado: o congresso americano aprovou um projeto de lei para evitar a pa [...]

Inflação americana fica abaixo das expectativas

No Radar do Mercado: a inflação mensurada pelo CPI avançou menos do que as expectativ [...]

Relatório Focus: queda na expectativa de inflação para 2023

No Radar do Mercado: após a surpresa no IPCA de outubro, o Relatório Focus divulgado [...]