Itaú Blog

Fazenda revisa projeções para o PIB e IPCA

No Radar do Mercado: a Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda revisou suas projeções para o PIB e para o IPCA

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 2 minutos de leitura

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda revisou suas projeções para os indicadores macroeconômicos do país. De maneira geral, houve uma redução na projeção do Produto Interno Bruto (PIB) para 2023, agora em 3%, devido à expectativa de crescimento zero no terceiro trimestre e às projeções menos otimistas para o setor de serviços no restante do ano. A estimativa para o PIB de 2024 também caiu, para 2,2%, em meio ao aumento das incertezas no ambiente externo. 

Vale destacar que as projeções estão levemente mais otimistas do que as expectativas do mercado divulgadas pelo Relatório Focus, do Banco Central. Nesta semana, a estimativa para o PIB de 2023 recuou para 2,85%, enquanto a projeção de 2024 está em 1,50%. 

A SPE também atualizou sua projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que recuou para 4,66% em 2023 (a projeção desta semana do Focus também caiu, para 4,55%), considerando que o processo de desinflação ocorreu mais rápido do que o inicialmente projetado.  

Com isso, a previsão da SPE é de uma inflação dentro do intervalo da meta definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) de 3,25% para 2023, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Para 2024, no entanto, a estimativa do SPE avançou para 3,55%, enquanto a projeção do Focus recuou para 3,91%. 

💬 O que achou deste conteúdo?

Ata do Fed deixa próximos passos em aberto

No Radar do Mercado: o Federal Reserve divulgou a ata de sua última reunião de políti [...]

Inflação americana fica abaixo das expectativas

No Radar do Mercado: a inflação mensurada pelo CPI avançou menos do que as expectativ [...]

Congresso dos EUA adia shutdown provisoriamente

No Radar do Mercado: o congresso americano aprovou um projeto de lei para evitar a pa [...]