Itaú Blog

Ele está de volta: vamos, Nadal

TenisVesting: enquanto o retorno de Rafael Nadal tem animado os tenistas, a expectativa dos investidores para 2024 é positiva com possível início do corte de juros

Foto do Autor

Andrea Masagão Moufarrege, Team Leader - Investment Funds Specialists

• 4 minutos de leitura

🎾A lenda espanhola, o rei do saibro, Rafael Nadal, esteve fora do circuito desde janeiro de 2023, quando teve uma lesão na segunda rodada do Australian Open. Anunciou em junho sua decisão de se afastar para tentar um encerramento de carreira jogando em alto nível. Não tentar com toda energia e tenacidade nunca é uma opção para ele. Submeteu-se a uma cirurgia no quadril e vem treinando duro desde então.

🎾Em dezembro de 2023, anunciou que estava pronto para voltar, iniciando no torneio Brisbane Internacional, um Master 250 em Adelaide, bem próximo de Melborne, onde será o Australian Open em janeiro de 2024.

🎾Estreou com vitória contra Dominic Thiem por 7x5, 6x2, atropelou o australiano J. Kubler por 6x1, 6x2 na segunda rodada e encheu de esperança todo o mundo do tênis que quer vê-lo jogar em alto nível em 2024, este que pode ser seu último ano no circuito, aos 37 anos. Esperamos ver um Nadal jogando de forma inteligente para encurtar os pontos, sacando bem e, como sempre, jogando cada ponto em alta intensidade, como se fosse o último.

🎾Como vai ser sua performance diante de uma nova geração muito bem-preparada fisicamente é difícil prever, mas certamente sua presença já traz grande expectativa positiva para um ano cheio de emoções no circuito profissional.

📈Nos mercados de investimentos, há um movimento que também está gerando expectativas bastante positivas para a recuperação de preços, especialmente nas ações. Trata-se do início do ciclo de queda das taxas de juros, processo iniciado no Brasil em agosto de 2023 e que pode começar nos EUA no primeiro trimestre de 2024.

🎾Entender por que o retorno do Nadal traz expectativas de muitas emoções positivas no mundo do tênis é simples. Basta lembrar que ele é detentor de 22 Grand Slams e mais de 100 títulos da ATP, além de ser dono de estilo de jogo marcado pela tenacidade, precisão e resistência.

📈Entender o impacto das taxas de juros nas expectativas do mercado de ações, porém, demanda uma análise mais complexa. Taxas de juros mais altas geram maiores custos de dívida e maior atratividade para ativos de renda fixa, o que pressiona negativamente a expectativa de performance das ações de grande parte das empresas listadas. Para checar se essa lógica se aplica na realidade conversei com Rodrigo Lopes e Eduardo Coccaro, estrategistas do Itaú Private Bank que aprofundaram essa análise em uma edição do The Weekly Globe de agosto de 2022.

Eles estudaram as frequências de retorno positivos do Ibovespa em ciclos de aperto e afrouxamento monetários desde 2000.

📈 Resumindo, a expectativa de um ciclo de queda nas taxas de juros já leva investidores a aumentarem suas posições em renda variável e produz retornos mensais médios maiores e mais consistentes do que em ciclos restritivos.

📈Desde o início do ciclo de queda da Selic em 2 de agosto, o Ibovespa subiu 10,7% até 28/12/2023. A sinalização do Federal Reserve (BC americano) de que o ciclo de afrouxamento monetário também está próximo nos EUA deu ainda mais fôlego ao S&P 500, que terminou o ano perto de sua máxima histórica.

🎾📈Assim como o Nadal tem ciência de todas os desafios que enfrentará esse ano, os investidores conhecem a volatilidade que marca os mercados de renda variável. Mesmo assim, tenistas e investidores se mostram bastante animados para um ano positivo em 2024.

Play!

💬 O que achou deste conteúdo?

Deixe seu comentário aqui e ajude a construir um TenisVesting cada vez melhor!

Leia também

Leia também

Top 10 | Private Insights

TenisVesting: entenda como chegar na alíquota de 10% de IR na previdência privada com [...]

Never Bet Against

TenisVesting: conheça os campeões em resiliência de performance nas quadras e no merc [...]

Rivais | Private Insights

TenisVesting: tenistas enfrentam seus rivais nas quadras em busca da vitória; no merc [...]