Itaú Blog

Leitura do PIB coloca viés de alta na nossa projeção para 2022

Economia e mercados: destaque da semana na agenda local foi a forte leitura do PIB. Nos EUA, Payroll apontou um mercado de trabalho aquecido, mas em desaceleração

Foto do Autor

Itaú Private Bank

• 4 minutos de leitura

Crédito: Itaú Private Bank

No Brasil, o destaque da semana foi a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB), que cresceu 1,2% na variação trimestral e colocou um viés de alta na nossa projeção para 2022. Enquanto isso, na zona do euro, a inflação bateu recorde. Já nos Estados Unidos, as atenções ficaram voltadas para o relatório de folha de pagamentos, o Payroll, que mostrou um mercado de trabalho ainda aquecido, mas com uma desaceleração na margem.

Confira, abaixo, os fatores que impactaram os mercados nos últimos dias.

PIB cresce 1,2% no 2º trimestre de 2022

O PIB do Brasil avançou 1,2% tri/tri, acima das expectativas do mercado, o que coloca viés de alta para a nossa projeção do ano (2,2%). Acreditamos que o ritmo de crescimento deve diminuir no segundo semestre. As medidas de transferência de renda devem sustentar o consumo, enquanto a política monetária contracionista e a desaceleração global devem contribuir negativamente.

Clique aqui e leia o texto completo.

Produção industrial avança 0,6% em julho

A Pesquisa Industrial Mensal (PIM) de julho apontou um avanço mensal de 0,6% do setor, eliminando a queda de 0,3% verificada em junho e em linha com as expectativas, mas houve uma baixa difusão entre os segmentos. Com o resultado, esperamos que a produção industrial tenha uma pequena contribuição para o PIB do terceiro trimestre.

Clique aqui e leia o texto completo.

Mercado de trabalho desacelera nos EUA

Segundo o Payroll, os EUA criaram 315 mil vagas de trabalho em agosto, em linha com o esperado e desacelerando em relação a julho. A taxa de desemprego subiu para 3,7%, o que é explicado por uma alta na taxa de participação, para 62,4%. A leitura mantém margem para que o Fed decida a magnitude da alta de juros na reunião de setembro.

Clique aqui e leia o texto completo.

Inflação atinge novo recorde na zona do euro

O Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu de 8,9% para 9,1% a/a, ligeiramente acima das expectativas. O núcleo do CPI, que exclui energia e alimentos, também teve alta, sugerindo disseminação da inflação. A leitura pressiona o Banco Central Europeu por uma aceleração no ritmo de alta dos juros em setembro.

Clique aqui e leia o texto completo.

China escolherá líder em congresso em outubro

O 20º Congresso do Partido Comunista chinês, que acontece a cada cinco anos, ficou marcado para 16 de outubro. A expectativa é que Xi Jinping seja eleito para o seu terceiro mandato como secretário-geral (o mais alto cargo), algo sem precedentes no país. Também é esperado que ele consolide maioria política no comitê composto por sete membros do mais alto escalão.

Clique aqui e leia o texto completo.